Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10014
Título: DESEMPENHO DE PLANTAS DE Jatropha curcas L. CULTIVADAS EM DUAS LOCALIDADES DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
Autor(es): PEREIRA, P. M.
Orientador: SILVA, D. M.
Palavras-chave: Palavras-chave: Jatropha curcas L

floração
índice de clor
Data do documento: 23-Jan-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PEREIRA, P. M., DESEMPENHO DE PLANTAS DE Jatropha curcas L. CULTIVADAS EM DUAS LOCALIDADES DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
Resumo: RESUMO O objetivo desse estudo foi avaliar o desempenho das plantas de pinhão-manso (Jatropha curcas L.) cultivadas em duas localidades do estado do Espírito Santo: Itarana e Pontal do Ipiranga. Para isso, foram realizadas medições entre dezembro de 2012 a abril de 2013 quanto à fenologia vegetativa e reprodutiva, trocas gasosas, fluorescência transiente e modulada da clorofila a e índice de clorofila. No período de avaliação os maiores picos de floração ocorreram entre o mês de dezembro e janeiro nas plantas cultivadas em Itarana e o maior número de frutos secos foram encontrados no mês de março. As plantas cultivadas em Pontal do Ipiranga mostraram menor crescimento de parte aérea e baixa produção de inflorescências, flores e frutos. Houve queda das folhas mais velhas durante o período de maior estresse hídrico e rebrota logo após as primeiras chuvas na região de Pontal do Ipiranga enquanto na região de Itarana não houve perda de folhas durante o período analisado. As trocas gasosas mostraram as maiores taxas, em Itarana, no início do período reprodutivo e queda gradativa ao longo dos meses enquanto na região de Pontal do Ipiranga ocorreu o inverso e as maiores taxas de fotossíntese líquida aconteceram ao final do período de frutificação. A análise da diferença cinética (ΔVOP) apontam diferenças positivas nas folhas das plantas cultivadas em Pontal do Ipiranga, que demonstram claramente a inibição do transporte de elétrons entre o FSII e o FSI nos três primeiros meses analisados (dezembro, janeiro e fevereiro). Observou-se o aparecimento de banda K, indicativa de danos no processo de fotoxidação da água no complexo de evolução do oxigênio, diminuição da conectividade das unidades que compõem o centro de reação do FSII, comprovado pelo aparecimento da Banda L positiva e uma banda G positiva indicativa de danos ao nível de pool de plastoquinonas e comprometimento da eficiência do FSI nas plantas de Pontal do Ipiranga entre os meses de janeiro, fevereiro e março. Considerando que o desenvolvimento da cultura é afetada pelos níveis de radiação fotossinteticamente ativa, pela sazonalidade da temperatura e da pluviosidade torna-se necessário considerar as variáveis fisiológicas durante a elaboração de modelos de zoneamento agroclimático. Infere-se, portanto, que as plantas que possuíram melhor desempenho da cultura foram as plantas cultivadas na localidade de Itarana. Palavras-chave: Jatropha curcas L., floração, índice de clorofila, trocas gasosas e fluorescência da clorofila a.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10014
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8313_Dissertação de Pedro Mazzocco Pereira.pdf1.38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.