Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10103
Título: Condição de saúde bucal e qualidade de vida de usuários de substâncias psicoativas em atendimento nos centros de atenção psicossocial álcool e drogas da Região Metropolitana de Vitória, ES
Autor(es): Bissoli, Bruna Costa
Orientador: Miotto, Maria Helena Monteiro de Barros
Coorientador: Zandonade, Eliana
Palavras-chave: Usuários de drogas
Perfil de impacto da doença.
Drug users
Oral health
Dental caries
Quality of life
Sickness impact profile
Data do documento: 22-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O consumo de drogas é uma realidade e suas repercussões são observadas nos campos social, cultural e econômico, assim como no da saúde. Objetivou-se avaliar a prevalência de cárie e suas associações, bem como o impacto das condições bucais na qualidade de vida de usuários de drogas dos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD) dos municípios de Vitória, Serra e Vila Velha, ES, Brasil. Desenvolveu-se um estudo observacional transversal, de junho de 2015 a fevereiro de 2016, com uma amostra final de 280 indivíduos. Utilizou-se a técnica de entrevista com registro em formulário para levantamento das características sociodemográficas e de saúde, do consumo de substâncias psicoativas (SPA) e o indicador subjetivo Oral Health Impact Profile (OHIP). Realizou-se o exame clínico dos elementos dentais para obtenção do índice de dentes cariados, perdidos e obturados (CPOD). Realizou-se a análise estatística por meio do teste qui-quadrado. Calculou-se o odds ratio (OR) com intervalo de confiança de 95%. Adotaram-se níveis de significância de 5% no estudo. A prevalência de cárie foi de 96,8% (n=271), a média do CPOD de 11,45 (DP= 7,5) e a mediana de 10. Faixa etária, raça/cor e situação conjugal estiveram associadas estatisticamente com CPOD>10, assim como uso e necessidade de prótese e tempo de uso de substâncias psicoativas. O impacto das condições bucais na qualidade de vida foi significante nas dimensões desconforto psicológico, incapacidade psicológica e dor física, interferindo em condições essenciais dos indivíduos. Os usuários de drogas possuem condição bucal precária, com alta prevalência de cárie, o que reflete em um alto impacto na qualidade de vida desses indivíduos. Os CAPS AD representam a alternativa de atenção integral ao usuário de SPA e a relação deste espaço com o serviço de Odontologia da atenção básica se faz extremamente necessária.
Drug use is a reality and its effects are observed in the social, cultural and economic, as well as in health field. This study aimed to assess the prevalence of dental caries, as well as its impact on quality of life of drug users of Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras drogas (CAPS AD) in the municipalities of Vitória, Serra and Vila Velha, ES, Brazil. Developed a cross-sectional observational study, from June 2015 to February 2016, with a final sample of 280 individuals. We used the interview technique with registration in form for sociodemographic and health characteristics, the use of psychoactive substances (SPA) and the subjective indicator Oral Health Impact Profile (OHIP). Clinical examination was carried out of the dental elements to obtain the decayed, missing, and filled teeth (DMFT) index. Statistical analysis using the chi-square test was performed. We calculated the odds ratio (OR) with 95% confidence interval. A significance level of 5% in the study was adopted. The data were analyzed using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 20.0. The prevalence of caries was 96.8% (n = 271), the mean DMFT of 11.45 (SD = 7.5) and the median was 10. Age, race/color and marital status were statistically associated with DMFT> 10, as well as use and need of use of prosthesis and time of use of psychoactive substances. The impact on quality of life was significant in the dimensions psychological discomfort, psychological disability and physical pain, interfering with essential conditions of individuals. Drug users have poor oral health, with high prevalence of dental caries, which reflects in a high impact on the quality of life of these individuals. CAPS AD represent the alternative of full attention to drug users and the relationship of this space with the primary care dental service becomes extremely necessary
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10103
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10468_2014_Bruna Costa Bissoli.pdf1.96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.