Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10166
Título: TABU e Reescrita na Tradução Italiana de a Casa dos Budas Ditosos
Autor(es): MANZATO, E.
Orientador: CASER, M. M.
Coorientador: CASTAGNA, V.
Data do documento: 12-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MANZATO, E., TABU e Reescrita na Tradução Italiana de a Casa dos Budas Ditosos
Resumo: Os mais recentes estudos da tradução propõem uma abordagem descritiva antes que prescritiva, e essa é a perspectiva que será utilizada ao logo do presente trabalho. Esta pesquisa apresenta um estudo de caso em que se examina de forma descritiva a reescrita do romance A casa dos budas ditosos de João Ubaldo Ribeiro e sua inserção no sistema cultural italiano. Através das teorias dos polissistemas de Itamar Even-Zohar e da teoria da reescrita de André Lefevere analisam-se os contextos culturais italiano e brasileiro a fim de individuar a posição sistêmica da obra, os elementos paratextuais e as resenhas para descobrir as razões de publicação da tradução do romance, e por fim os elementos textuais, ou seja, vários segmentos do texto-fonte e do texto-alvo, com o objetivo de descobrir as possíveis normas que determinaram o comportamento da tradutora durante o processo tradutório. O propósito da pesquisa é o de entender como foram enfrentadas as questões culturais, de imaginário e sobretudo como se deu a tradução dos tabus. PALAVRAS-CHAVE: Tabu, Reescrita, Tradução, A casa dos budas ditosos, João Ubaldo Ribeiro
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10166
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11885_VERSÃO FINAL DA DEFESA DE ELENA MANZATO.pdf1.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.