Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10226
Título: Procedimento metodológico participativo e embasado em análise multicritério para avaliação de configurações de barramentos
Autor(es): PEREIRA, A. C.
Orientador: TEIXEIRA, E. C.
Coorientador: DPZ
Palavras-chave: A busca pela sustentabilidade no meio urbano compreende o us
Data do documento: 28-Ago-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PEREIRA, A. C., Procedimento metodológico participativo e embasado em análise multicritério para avaliação de configurações de barramentos
Resumo: A implantação de reservatórios para fins de abastecimento de água provoca uma série de impactos positivos e negativos, sejam eles de ordem social, cultural, econômico, ambiental, político, entre outros. A magnitude e extensão de tais impactos dependem dos locais onde os reservatórios são implantados, cuja definição baseia-se, tradicionalmente e predominantemente, em metodologias técnico-especializadas que pouco valorizam o efetivo envolvimento dos atores relevantes no processo de avaliação de impactos ambientais (AIA) referente a cada alternativa locacional considerada. Sendo o processo conduzido, geralmente, por técnicos/especialistas vinculados à empresa de consultoria responsável pela elaboração de estudos de AIA, e ao órgão responsável pelo licenciamento ambiental. Entre as conseqüências da adoção de tais metodologias, não participativas, têm-se: desconsideração de indicadores de AIA relevantes no contexto da realidade local/regional/global, e emprego de outros de menor importância; avaliação deficiente dos indicadores de AIA, por não incorporar a diversidade de posicionamentos e visões quanto à valoração de um dado indicador, função da multiplicidade e diversidade de atores/interesses envolvidos. Observa-se ainda que poucos são os trabalhos científicos que tratam os efeitos das barragens a partir de perspectivas multidisciplinares e envolvendo a participação social ao longo do seu desenvolvimento. Neste sentido, o presente trabalho apresenta uma metodologia participativa para priorização de alternativas locacionais de configurações de barramentos, intitulada MPPAL+-CB, em suporte ao processo de tomada de decisão quanto à implantação desse tipo de empreendimento, a qual, em sintonia com os princípios da sustentabilidade, considera aspectos relevantes das dimensões física, biótica, econômica, social, geográfica e política, através da análise multicriterial. A aplicabilidade da análise multicriterial é ilustrada por meio da realização de simulação hipotética. Com base em análise bibliográfica e avaliação de especialistas, o procedimento metodológico proposto é avaliado, indicando representar uma significativa contribuição sobre o assunto tanto no âmbito científico quanto técnico. Por fim, visando a adequação do citado procedimento metodológico para fins práticos, algumas observações/considerações são apresentadas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10226
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3699_Pereira2009.pdf2.04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.