Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10240
Título: Utilização da modelagem computacional para avaliar a influência das planícies de maré na hidrodinâmica de regiões estuarinas
Autor(es): Côco, Kátia Muniz
Orientador: Rigo, Daniel
Data do documento: 26-Ago-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Os ambientes costeiros vêm sofrendo um considerável processo de degradação ambiental, gerado pela crescente pressão sobre os recursos naturais marinhos. Uma importante ferramenta utilizada para apoio à tomada de decisões no gerenciamento ambiental de um corpo hídrico é a modelagem computacional das condições hidrodinâmicas do escoamento e da qualidade da água. Um dos fenômenos físicos mais importantes para a hidrodinâmica dos estuários é a maré, que ao se propagar do oceano para regiões estuarinas, sofre distorções que podem ser representadas pelo crescimento não-linear de constituintes harmônicos compostos dos principais constituintes da maré astronômica. As assimetrias nas marés causam diferenças na duração da enchente e da vazante da maré vertical, originando sistemas nos quais as correntes enchentes (ou vazantes) podem dominar sobre a vazante (ou enchentes). Essas características podem ser representadas pelos parâmetros a/h (amplitude da maré/profundidade do canal) e Vs/Vc (volume do armazenamento entre marés/volume do canal no nível médio do mar). Dessa forma, realizou-se neste estudo simulações computacionais, com auxílio do mecanismo de alagamento e secamento em meio poroso do SisBaHiA®, em estuários idealizados com o objetivo de avaliar a influência das planícies de maré na dominância das correntes. Os testes mostraram que estuários sem presença de planícies, nos quais os fenômenos de fricção com o leito sobressaem, tendem a ser dominados pela enchente. Já os estuários com presença de planícies de maré tendem a ser dominado pela vazante. Pôde-se observar, também, que as assimetrias das marés são intensificadas quando as planícies de maré aumentam e quando a maré penetra em direção a cabeça do estuário.
Along coastal areas have suffered considerable environmental degradation caused by increasing pressure on the natural marine resources. An important tool used to support decision-making in environmental management of a water body is the computational modeling of the hydrodynamic conditions of flow and water quality. One of the most important physical phenomena for the hydrodynamics of estuaries is the tide that spread from the ocean to estuarine regions, suffer distortions that can be represented by non-linear growth of constituent compounds and harmonics of the main constituents of the astronomical tide. The asymmetries in the tides cause differences in the duration of the flood and ebb tide vertical, resulting in systems where the current flood (or ebb tides) may dominate on the ebb (or floods). These characteristics can be represented by the parameters a/h (tidal height / depth of the channel) and Vs/Vc (volume of storage intertidal/ channel volume in mean sea level). Thus, we carried out computer simulations in this study, using the mechanism of flooding and drying in porous media of SisBaHiA®in idealized estuary with the aim of evaluating the influence of tidal flats in the dominance of chains. Tests showed no presence of tidal flats, in which the phenomena of friction with the bed stand, tend to be dominated by the flood. Already the presence of estuaries with tidal flatstend to be dominated by the ebb. It was observed also that the asymmetry of the tides are intensified when the tidal flats when the tide rise and penetrates into the head of the estuary.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10240
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4363_.pdf1.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.