Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10269
Título: Gerenciamento de embalagens de cimento pós-consumo na Grande Vitória: Estudo de caso com aplicação de Logística Reversa
Autor(es): MENDES, M. T.
Orientador: Braga
Palavras-chave: Palavras chaves: logística reversa
embalagem de cimento
ge
Data do documento: 24-Ago-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MENDES, M. T., Gerenciamento de embalagens de cimento pós-consumo na Grande Vitória: Estudo de caso com aplicação de Logística Reversa
Resumo: O gerenciamento de resíduos sólidos é um desafio enfrentado pela sociedade atualmente. Existem vários fatores que impactam esse problema, dentre eles, o aumento da quantidade de resíduos gerados. Esse trabalho detalha as principais formas de destinação e o consumo das embalagens de cimento pós-consumo atualmente empregados na Grande Vitória; descreve o processo de logística reversa da sacaria de cimento após utilização na fábrica de cimento estudada; e estuda as alternativas viáveis para a destinação ambientalmente adequada desse resíduo. Para isso foi feito um levantamento de dados em obras da construção civil, uma avaliação na única fábrica que pratica a logística reversa da sacaria de cimento no estado do Espírito Santo e o levantamento de possíveis alternativas de disposição adequada das embalagens retornadas no estado. Foi constatado que existem diversas formas de destinação dos resíduos da construção civil, como disposição em terrenos da prefeitura, aterramento e recolhimento das embalagens pós-consumo. A prática da logística reversa na fábrica de cimento apresenta muitas limitações, como a presença do cimento que impede a reciclagem ou reutilização do mesmo, tornando sua disposição um procedimento custoso para a fábrica de cimento. A falta de planejamento que vise o controle da quantidade de embalagens que retornam, a ausência de um processo de conscientização de todos os participantes, entre outros fatores, impedem o sucesso do processo reverso. Assim, são necessários investimentos tanto no desenvolvimento do fluxo reverso nos setores participantes como em tecnologias para o retorno dessas embalagens em processos produtivos, visando o retorno ambiental e social da implantação da logística reversa.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10269
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5983_.pdf1.37 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.