Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10276
Título: Estudo epidemiológico espacial e temporal na análise da associação entre poluição do ar e o número de atendimentos hospitalares por causas respiratórias em crianças.
Autor(es): MATOS, E. P.
Orientador: REISEN, V. A.
Palavras-chave: Séries Temporais
Qualidade do Ar
Modelo Aditivo Generalizado
Data do documento: 10-Dez-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MATOS, E. P., Estudo epidemiológico espacial e temporal na análise da associação entre poluição do ar e o número de atendimentos hospitalares por causas respiratórias em crianças.
Resumo: Esta pesquisa objetiva investigar a associação de curto prazo entre a poluição do ar, por meio dos poluentes PM10, SO2, NO2, O3 e CO, e efeitos respiratórios em crianças menores de 6 anos, através da distribuição espacial e temporal na região da Grande Vitória, ES, Brasil. Para vericar essa relação, utilizou-se o modelo aditivo generalizado de regressão de Poisson, com a variável dependente o número diário de atendimentos por doenças respiratórias e as variáveis independentes, concentrações diárias dos poluentes atmosféricos, temperatura, umidade, entre outras. A metodologia consistiu em comparar as análises in loco, isto é, nas localidades discriminadas com a estimativa para toda a região. Os resultados evidenciaram que alguns efeitos só foram percebidos nas localidades desagregadas por região. Esse é um resultado esperado, pois o uso da média de todas as estações tende a suavizar os dados e, assim, diminuir a variabilidade, o que oculta alguns efeitos na modelagem.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10276
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_6119_PEDREIRA, 2012.pdf7.91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.