Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10333
Título: AMENDMENT Of Gene Expression In Mononuclear Cells Of Human Peripheral Blood Submitted To Exposure With Herbicide Based On Glyphosate
Autor(es): AGOSTINI, L. P.
Orientador: LOURO, I. D.
Palavras-chave: Expressão gênica
microarray
MTT
Roundup®
PBMC
humanos
Data do documento: 27-Jun-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: AGOSTINI, L. P., AMENDMENT Of Gene Expression In Mononuclear Cells Of Human Peripheral Blood Submitted To Exposure With Herbicide Based On Glyphosate
Resumo: O Glifosato [N-(fosfonometil)glicina] é um herbicida pós-emergente, não seletivo e sistêmico. No processo de criação das formulações comerciais de herbicidas a base de glifosato (GBHs, do inglês glyphosate-based herbicides), como o Roundup®, são adicionados surfactantes com o intuito de aumentar a eficiência do composto base. A rota prioritária de degradação do glifosato por micro-organismos no solo resulta na formação do ácido aminometilfosfônico (AMPA). As respostas moleculares ao glifosato têm sido extensivamente estudadas em espécies de plantas e em alguns vertebrados. Em humanos, apesar dos estudos até agora realizados, não se conhece exatamente quais os riscos e mecanismos de atuação que explicariam a toxicidade ao glifosato relatada em alguns experimentos. Sendo assim, a hipótese dessa tese é de que a exposição rápida ao Roundup® e ao AMPA leva à alterações de expressão gênica em importantes processos celulares. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é identificar genes diferencialmente expressos (DEGs, do inglês differentially expressed genes) em células mononucleares do sangue periférico (PBMCs, do inglês, peripheral blood mononuclear cells) humano submetidas à exposição rápida com herbicida à base de glifosato (Roundup®) e AMPA. O teste de MTT [3(4,5-dimetiltiazol-2-il)-2,5-difeniltetrazólio brometo], realizado em triplicatas, foi utilizado para avaliar a viabilidade celular e para a escolha das condições de tratamento utilizadas na técnica de microarray (GeneChip® Human Transcriptome Array 2.0, Affymetrix). As condições analisadas foram controle (3 chips), AMPA (10 mM; 3 chips) e Roundup® (0,05%; 2 chips), expostos durante 3 horas. Utilizando um valor de p<0,05 e fold-change de 1,5 foram identificados 5 DEGs no tratamento com o AMPA e 26 no tratamento com Roundup®. As análises de enriquecimento mostraram que os genes com expressão alterada após exposição ao Roundup® estavam associados a 33 processos celulares, principalmente relacionados à regulação destes processos. A plataforma digital Pathview foi utilizada para identificar a atuação dos DEGs após exposição ao Roundup® em diferentes vias. Os genes TNF, LTA, TAB2 e ATM foram relacionados à via de sinalização NF-kappa &#946;; BCL2L11 e ATM à via de sinalização FoxO; SESN3 e ATM à via de sinalização p53; e TNF, BCL2L11 e ATM à apoptose. Dessa forma, os resultados sugerem que o Roundup® altera o padrão de expressão gênica de diversos genes associados com o controle do ciclo celular, regulação de processos celulares e apoptose.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10333
Aparece nas coleções:PPGBIO - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12502_Tese - Lidiane Pignaton Agostini.pdf2.89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.