Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10343
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorALMEIDA, J. C.
dc.date.accessioned2018-08-27T14:45:38Z-
dc.date.available2018-08-27
dc.date.available2018-08-27T14:45:38Z-
dc.identifier.citationMAGALHAES, M. R. S. F., Gênero, Discurso e Poder em Três Traduções de um Bonde Chamado Desejopor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10343-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleGênero, Discurso e Poder em Três Traduções de um Bonde Chamado Desejopor
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.memberDALVI, M. A.
dc.contributor.memberFINARDI, K. R. N. L.
dc.contributor.memberZAIDAN, J. C. S. M.
dc.contributor.memberTOMAZI, M. M.
dcterms.abstractA Sreetcar Named Desire, peça escrita por Tennessee Williams, é considerada um dos maiores cânones do teatro americano. Seu texto foi amplamente encenado, adaptado, traduzido e comumente é citado em obras audiovisuais da cultura de massa. No Brasil essa obra, que possui dois originais em inglês, foi traduzida por Pedreira (1972), Nikitin (2004) e Viégas-Faria (2008). Esta pesquisa pretende elaborar, por meio de uma abordagem interdisciplinar fundamentada nos Estudos Linguísticos e nos Estudos da Tradução, uma análise comparativa da construção da personagem Blanche DuBois nessas traduções. Destacando-se as marcas linguísticas em um corpus de excertos da didascálias e das falas de personagens, analisar-se-á como Blanche DuBois é representada como mulher que se afasta das convenções sociais que supostamente deveria seguir. A comparação desses excertos das traduções utilizará como principal ferramenta o modelo sociocognitivo de van Dijk (2010, 2012a, 2012b, 2012c), que considera a relação existente entre sociedade, cognição e discurso ao construir suas categorias de análise. Ao propor uma investigação que considera a dimensão social da linguagem, assim como os aspectos individuais que influenciam a relação existente entre produção e recepção de um texto, encontramos ferramentas que contribuem para explicar as diferenças estruturais e, consequentemente, as possíveis diferenças ideológicas a serem investigadas nas traduções da obra de Williams em território nacional. Palavras-chave: Discurso. Tradução. Gênero. Teatro.por
dcterms.creatorMAGALHAES, M. R. S. F.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2017-08-31
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Linguísticapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Estudos Linguísticospor
dc.contributor.advisor-coFERRAZ, D. M.
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11287_Dissertação - versão final (3).pdf1.03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.