Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10359
Título: Educação neoliberal, escolas tecnicistas e ensino de língua inglesa : conexões e tensões
Autor(es): Guimarães, Marianne Vieira
Orientador: Ferraz, Daniel de Mello
Data do documento: 10-Mai-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: À luz da pedagogia crítica e das teorias de educação crítica em línguas estrangeiras e por meio de autores como Freire (1975, 1986, 1991, 1997, 2009, 2011), Giroux (1997), Menezes de Souza (2011), Duboc (2009, 2012) e Ferraz (2012, 2013, 2015), entre outros, este estudo busca retomar reflexões quanto ao papel da escola e, mais especificamente, quanto ao entendimento de professores e alunos de um dos institutos tecnológicos federais do estado do Espírito Santo (IFES), do porquê de se ensinar e aprender Inglês em tempos nos quais a educação neoliberal se mostra condutora de imaginários que perpetuam a visão do inglês como língua franca, global e hegemônica. Outrossim, sendo um produto historicamente decorrente da Revolução Industrial, a Educação Tecnicista demonstra interesse em uma escola ideologicamente ligada às necessidades do mercado econômico, que pode estar disseminando um discurso de que o inglês é a língua que o mercado necessita, sem expor outras perspectivas que perpassam esse discurso. Através de entrevistas e observações de aulas em um campus do IFES, buscamos compreender conexões e tensões expostas pelos participantes e analisar os documentos institucionais a fim de problematizar supostas influências dos ideais neoliberais no ensino e aprendizagem de língua inglesa em um instituto tecnológico. Assim, buscamos responder a algumas questões: a língua inglesa é considerada um instrumento de qualificação para o mercado de trabalho ou uma língua que pode colaborar com a formação de cidadãos críticos? Poderia ser ambas as visões? De caráter qualitativo e de cunho etnográfico, por meio de observação e gravação de aulas, análise documental e rodas de conversa com discentes e docentes, esta pesquisa busca entender o papel da língua inglesa na educação tecnicista do ES.
In the light of critical pedagogy and foreign language education, and through some of its authors such as Freire (1975, 1986, 1991, 1997, 2009, 2011), Giroux (1997), Menezes de Souza (2011), Duboc (2009, 2012), and Ferraz (2012, 2013, 2015), amongst others, this study aims to reflect on the role of school, more specifically on the understanding of teachers and students of one of the federal technological institutes of the state of Espírito Santo (IFES) in relation to the reasons why they teach and study English at times in which neoliberal education is conducive to an imagery that perpetuates the vision of English as a lingua franca, global and hegemonic language. Moreover, as technical education can be considered a ‘product’ which is historically derived from the Industrial Revolution, it shows interest in a school ideologically linked to the needs of the economic market. This fact may spread a discourse that English is the language of the market, without exposing the other perspectives that permeate this discourse. Through interviews and class observation at an IFES campus, we sought to understand the connections and tensions exposed by the participants, and to analyze the institutional documents in order to problematize supposed influences of neoliberal ideals in English language teaching and learning in this Technological Institute. Therefore, we strive to answer some questions: is the English language considered a qualification instrument for the labor market or a language that can collaborate with the education of critical citizens? Could it be both visions? Furthermore, with a qualitative and ethnographic character, and through observation and recording of classes, documental analysis and conversation with students and teachers, this research aims to understand the role of the English language in the technical education of the ES.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10359
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12178_MARIANNE VIEIRA GUIMARÃES_DISSERTAÇÃO FINAL.pdf2.66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.