Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10389
Título: APLICATIVO Sobre Processo de Enfermagem em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Autor(es): ARAUJO, J. L.
Orientador: PRIMO, C. C.
Data do documento: 26-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ARAUJO, J. L., APLICATIVO Sobre Processo de Enfermagem em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Resumo: Introdução: O processo de enfermagem é o instrumento recomendado para a operacionalização da assistência de enfermagem. Em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), ainda é realizado de forma fragmentada e não utiliza uma taxonomia para fundamentar o processo. Objetivo: Desenvolver um aplicativo para a realização do processo de enfermagem na assistência ao recém-nascido. Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo, em duas etapas. Na primeira, a metodologia participativa da pesquisa-ação, proporcionou a realização de seminários para elaboração e validação de instrumentos para histórico, diagnóstico e intervenções de enfermagem. Na segunda etapa foi desenvolvido um aplicativo para operacionalizar a execução e registro do processo de enfermagem. Participaram do estudo 11 enfermeiros lotados na UTIN do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes. Os cinco seminários ocorreram de janeiro a março de 2017, e as falas foram gravadas e transcritas para posterior análise. O aplicativo foi elaborado de março a dezembro de 2017. Resultados: Foram elaborados e validados instrumentos para histórico, diagnóstico e intervenções de enfermagem, considerando o referencial teórico das Necessidades Humanas Básicas de Wanda Horta e a taxonomia da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem. Tais instrumentos constituíram a base para a elaboração do aplicativo. Produtos: Quanto aos produtos, foi elaborado um instrumento para histórico e diagnóstico de enfermagem e outro para intervenções de enfermagem. Foi elaborado também um aplicativo para execução e registro do processo de enfermagem. Conclusão: O processo de enfermagem é uma ferramenta cotidiana do uso do enfermeiro assistencial. Tecnologias que o tornem mais eficaz e eficiente são necessárias, visando a melhoria da qualidade e assertividade do cuidado de enfermagem. Um aplicativo que operacionaliza o processo de enfermagem foi capaz de tornar a assistência de enfermagem mais segura, rápida e científica.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10389
Aparece nas coleções:PPGENF - Dissertações de mestrado profissional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11577_Dissertação final 07.0820180905-154015.pdf2.95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.