Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10391
Título: TRATAMENTO DA TOXOPLASMOSE OCULAR ADQUIRIDA: REVISÃO SISTEMÁTICA
Autor(es): LIMA, G. S. C.
Orientador: SARAIVA, F. P.
Data do documento: 19-Ago-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LIMA, G. S. C., TRATAMENTO DA TOXOPLASMOSE OCULAR ADQUIRIDA: REVISÃO SISTEMÁTICA
Resumo: A toxoplasmose ocular, doença causada pelo parasita Toxoplasma gondii, é a forma mais comum de uveíte posterior infecciosa. Apesar de a terapia antiparasitária combinada ser prática comum no tratamento dessa uveíte, há estudos que contra-indicam a necessidade do uso rotineiro de medicações. Atualmente há múltiplos esquemas terapêuticos para esta doença. O objetivo deste trabalho foi revisar a literatura a fim de identificar qual o melhor esquema de tratamento a ser empregado nos casos de retinocoroidite pelo Toxoplasma gondii. Após extensa revisão, concluiu-se que não há evidências científicas contundentes que apontem um tratamento ideal para essa doença. Não há diferenças estatisticamente significativas entre os resultados funcionais alcançados pelos distintos esquemas terapêuticos empregados na atualidade. Palavras-
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10391
Aparece nas coleções:PPGMED - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12526_Tese - Guilherme Sturzeneker.pdf5.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.