Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10393
Título: A FÍSICA EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE ENSINO: UMA PROPOSTA DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NA CIDADE DE SÃO MATEUS NORTE DO ESPÍRITO SANTO
Autor(es): BRAVO, I. D. N.
Orientador: P.S.R. Márcia
Coorientador: PEREIRA, R. D.
Palavras-chave: Divulgação científica
espaço não formal
exposição científi
Data do documento: 11-Jun-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BRAVO, I. D. N., A FÍSICA EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE ENSINO: UMA PROPOSTA DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NA CIDADE DE SÃO MATEUS NORTE DO ESPÍRITO SANTO
Resumo: O presente estudo disserta sobre a proposta de realização de uma exposição científica, itinerante e interativa num espaço não formal de ensino na cidade de São Mateus, norte do estado do Espírito Santo. A exposição intitulada Que onda é essa? se configura como uma atividade de divulgação científica em um espaço não formal de educação. Todo o projeto, desde a concepção, até a construção, foi desenvolvido com bases nos conceito de ondas e som. Para a sua confecção, foram construídos oito módulos experimentais e banners que juntos compõem a cenografia da exposição e garantem a narrativa da mesma. Iniciando pelo conceito de onda transversa, longitudinal, reflexão, onda estacionária, ressonância, Figura de Chladni, tubos aberto e terminado com o conceito de onda em tubo fechado. Para garantir a mensagem da exposição, foram treinados oito monitores, para fazerem mediar à exposição e ajudar o público a compreender a mensagem da mesma. Durante a exibição da exposição no espaço não formal escolhido, observou-se a interação do público com os módulos experimentais, monitores e demais visitantes. Como resultado, verificou a presença de interações do tipo minds-on, hear-on, hands-on, e dialogues-on. Além dessas modalidades de interações observadas, percebeu-se que a exposição gerou bastante diálogos e intervenções com o publico que a visitou. Ainda em relação ao público, observou-se através do livro de visitas que a exposição recebeu visitas de pessoas de vários bairros da cidade e também de outras cidades. Como conclusão, a exposição cumpriu com seu papel de passar ao público temas de ondulatória de forma clara. O trabalho se mostrou altamente positivo para a continuação de atividades de divulgação científica em espaços não formais de ensino. Ainda revelou pontos que precisam ser reestruturados para se ter uma melhor qualidade em futuras exibições.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10393
Aparece nas coleções:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12173_82_Igor Donizete Nunes Bravo.pdf3.82 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.