Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10397
Título: CORPOS E SENSORIALIDADES NO CINEMA MARGINAL DE JÚLIO BRESSANE
Autor(es): GUIMARAES, M. V.
Orientador: VIEIRA JUNIOR, E. M.
Palavras-chave: Bressane
Julio
Sganzerla
Rogério
Cinema brasileiro
Data do documento: 20-Jul-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GUIMARAES, M. V., CORPOS E SENSORIALIDADES NO CINEMA MARGINAL DE JÚLIO BRESSANE
Resumo: Essa pesquisa buscou fazer uma abordagem diacrônica entre os filmes O anjo nasceu (1969) e Cuidado, Madame (1970, obras do brasileiro Júlio Bressane, e a teoria contemporânea da sensorialidade no cinema, desenvolvida a partir dos anos 1990, por autores como Steven Shaviro, Laura Marks, Vivian Sobchack. Teorias que buscam discutir a dimensão sensorial do cinema e seus efeitos no corpo do espectador, em outras palavras, a materialidade corpórea da experiência fílmica. A ideia é pensar como podemos ler aqueles filmes com a perspectiva de uma teoria desenvolvida quase três décadas depois, na medida em que a obra de Júlio Bressane investe contra toda uma lógica de uma narrativa cinematográfica teleológica e de uma mise-en-scène clássica e mesmo seus desdobramentos no cinema moderno.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10397
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12354_Dissertação - CORPO DE TEXTO - FINAL 6.pdf2.59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.