Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10426
Título: Avaliação de Metodologias de Regionalização e Definição de Regiões Homogêneas na Estimativa de Vazões Máximas Anuais
Autor(es): FARIA, B. N.
Orientador: Mendonça
Data do documento: 17-Out-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: FARIA, B. N., Avaliação de Metodologias de Regionalização e Definição de Regiões Homogêneas na Estimativa de Vazões Máximas Anuais
Resumo: Cheias são fenômenos naturais que ocorrem em cursos dágua, tendo potencial para causar sérios problemas econômicos e sociais. Estimativas de vazões máximas são de grande valor no planejamento e adoção de medidas que reduzam os impactos causados por esse tipo de evento. No entanto, nem sempre estão disponíveis dados suficientes para estimativas, porque se apresentam escassos ou inexistentes. Dessa forma, se faz necessária utilização de métodos de regionalização hidrológica. O presente trabalho analisa o desempenho dos métodos Index-Flood com utilização de momentos-L, Método de regressão múltipla direta e Método da curva adimensional, comparando com resultados obtidos posto a posto. Os diferentes métodos foram aplicados nas bacias do rio Doce e em outras bacias localizadas predominantemente no estado do Espírito Santo. Para o método Index-Flood/Momentos-L foram feitas três aplicações: utilizando série com período base definido (1940-2005), série com totalidade de dados disponíveis incluindo dados que não passaram por análise de consistência e adotando para definição de regiões homogêneas, os critérios propostos pelo software RH 4.1. Foram estimadas vazões para os períodos de retorno 2, 10, 20, 50 e 100 anos. Os resultados obtidos a partir de séries 1940-2005, quando comparados com os obtidos posto a posto, mostraram que o método Index-Flood /Momentos-L apresentou melhor desempenho do que os demais métodos de Regionalização. As variações de aplicações de Index-Flood/Momentos-L produziram resultados próximos. Porém, a que utilizou totalidade de dados apresentou melhores resultados para menores períodos de retorno. Diversas regiões consideradas como homogêneas pela metodologia adotada pelo software RH 4.1 seriam consideradas heterogêneas, caso fosse considerada a medida de Heterogeneidade (H). Diversos postos foram retirados da análise por todas metodologias aplicadas, por apresentarem alguma discordância ou não se encaixarem em quaisquer regiões definidas. Este fato pode indicar algum tipo de inconsistência em suas séries de descargas líquidas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10426
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12414_Dissertação BRENO NASCIMENTO FARIA.pdf11.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.