Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10438
Título: O BELO E O BOM NA VIDA CAPIXABA (1923-1933): IMPRESSOS E SENSIBILIDADES
Autor(es): ROCHA, L. P.
Orientador: LEITE, J. L.
Palavras-chave: Vida Capichaba (Revista)
2
Imprensa Espírito Santo (Esta
Data do documento: 28-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ROCHA, L. P., O BELO E O BOM NA VIDA CAPIXABA (1923-1933): IMPRESSOS E SENSIBILIDADES
Resumo: Nesta tese traçamos como objetivos (i) analisar a Revista Vida Capichaba como um impresso que intencionava modificar as formas de pensar e viver dos capixabas, formando uma moderna educação do sensível; (ii) analisar as representações de belo e bom na Revista Vida Capichaba no período de 1923 a 1933; e (iii) compreender, na Revista Vida Capichaba, o empenho, por parte de seus redatores e colaboradores na utilização de um amplo conjunto de recursos (textuais, tipográficos, imagéticos) e estratégias distintas objetivando modificar as representações sobre civilidade e sensibilidades. Partimos do pressuposto de que a imprensa fundada no período republicano exerceu enorme influência sobre a população capixaba para adotar novas formas de viver, apontando para a formação de sensibilidades quanto aos espaços da cidade em transformação. Nossa hipótese de trabalho aponta para a Revista Vida Capichaba como um propagador de ideias sobre boas maneiras, civilidade e sensibilidades criado por um grupo de intelectuais que intencionavam modificar as formas de pensar e viver da população capixaba em meio às transformações do início do século XX. Nesse sentido, fundamentamos a pesquisa nos conceitos de representação de Roger Chartier (1990, 2002). Para compreender sensibilidades, precisamos de Lucien Febvre (1989), Pesavento (2003, 2005, 2007), Gay (1998) e moderno de Le Goff (2000) e Velloso (2010). Os resultados abalizam a Revista como um disseminador de ideias e ideais que conseguiu influenciar a população capixaba para sensibilidades modernas, utilizando textos e imagens sobre o território, acerca do povo ordeiro e de comportamentos esperados nessa sociedade adequando-se ao ideal moderno do início do século XX.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10438
Aparece nas coleções:PPGE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12162_LUCIANE PARAISO ROCHA COPIA CD.pdf195.91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.