Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10535
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSILVA, O. G. T.
dc.date.accessioned2018-12-20T13:21:43Z-
dc.date.available2018-12-20
dc.date.available2018-12-20T13:21:43Z-
dc.identifier.citationANTUNES, S. E., Projetos Esportivos de Caráter Social e Carreiras Desviantes: um estudo de caso com jovens em conflito com a leipor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10535-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleProjetos Esportivos de Caráter Social e Carreiras Desviantes: um estudo de caso com jovens em conflito com a leipor
dc.typedoctoralThesisen
dcterms.abstractExiste em torno do esporte um discurso bastante disseminado sobre suas potencialidades no trato com valores éticos e morais. Embutida nesse discurso está uma premissa que o aponta como ferramenta de elevado potencial dentro de ações sociais direcionadas a públicos e comunidades socialmente menos favorecidas. As justificações para a inserção do esporte nessas ações podem estar fundamentadas na crença em seu potencial educativo, no (suposto) poder de combate a criminalidade e/ou na crença de seu potencial para o desenvolvimento de habilidades e competências sociais. Foi com base no debate promovido entorno desses usos sociais do esporte que delimitamos como objetivo central da tese: analisar os sentidos e significados que jovens desviantes atribuem ao esporte a partir da experiência esportiva desfrutada dentro de um projeto de caráter social, buscando inferir se tal experiência é capaz de afastar esses jovens de carreiras desviantes. A pesquisa em campo foi desenvolvida a partir de um estudo de caso, qualitativo, por meio de observação direta, participação e entrevistas (semi estruturadas e não diretivas) com 04 jovens desviantes participantes de um projeto esportivo de caráter social no município de Barbacena/MG. As análises apontam que a participação no projeto esportivo não promoveu alterações perceptíveis nos modos de pensar e agir dos desviantes, tão pouco foram promovidas mudanças em seus projetos individuais. Para três dos jovens acompanhados no estudo, as práticas esportivas do projeto serviram apenas como estratégia para aliviar o tédio ocasionado pela medida socioeducativa. Assim, não é possível afirmar que a participação no projeto social tenha contribuído para distanciar esses jovens de possíveis carreiras desviantes.por
dcterms.creatorANTUNES, S. E.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2018-07-09
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação Físicapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseDoutorado em Educação Físicapor
dc.contributor.refereeMARCHI JUNIOR, W.
dc.contributor.refereeSTIGGER, M. P.
dc.contributor.refereeROMERA, L. A.
dc.contributor.refereeMELLO, A. S.
Aparece nas coleções:PPGEF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12465_Tese - Scheila Espindola Antunes.pdf992.91 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.