Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10592
Título: PROMOÇÃO DA SAÚDE DO CUIDADOR FAMILIAR DE IDOSOS DEPENDENTES: UMA GERONTOTECNOLOGIA BASEADA NA TEORIA DE NOLA PENDER
Autor(es): SOUZA, C. A. W.
Orientador: OLYMPIO, P. C. A. P.
Data do documento: 31-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SOUZA, C. A. W., PROMOÇÃO DA SAÚDE DO CUIDADOR FAMILIAR DE IDOSOS DEPENDENTES: UMA GERONTOTECNOLOGIA BASEADA NA TEORIA DE NOLA PENDER
Resumo: Introdução: O crescimento da população brasileira está atrelado ao crescente aumento das doenças crônicas degenerativas. Dessa forma, é necessário criar estratégias para ampliar a promoção da saúde da população. Uma dessas estratégias está vinculada com a educação em saúde. Objetivo: Desenvolver e executar um aplicativo de celular como uma gerontotecnologia para a promoção da saúde do cuidador familiar de idosos dependentes. Metodologia: Aplicação do método da Pesquisa Convergente Assistencial. Foram critérios de inclusão: ser cuidador de familiares de idosos, com idade acima de 18 anos, ser o cuidador principal do idoso totalmente ou parcialmente dependente. Foram critérios de exclusão: ser cuidador de idosos independentes de cuidados e cuidador familiar que possui cuidador formal e/ou informal auxiliando em qualquer período (vespertino/matutino/noturno). Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Espírito Santo e aprovado pelo parecer nº 1.987.228. Resultados: Destacaram-se no estudo cuidadores do gênero feminino (81,82%), com idade entre 51 e 60 anos de idade (36,36%), a maioria são esposas (54,55 %). Também destaca-se neste estudo que o estresse é uma reação do organismo frente a situações que exigem esforço físico e emocional que precisam ser superadas. Os cuidadores possuem conhecimentos prévios relacionados a cuidados com a saúde, promoção da saúde, alimentação saudável, dentre outros, porém, devido à rotina intensa de cuidados, não é possível organizar meios de cuidar de si na sua totalidade. Considerações finais: Os resultados deste estudo confirmaram a necessidade da criação de propostas que visem a valorização e a condução das orientações aos cuidadores de idosos familiares, corroborando para a mudança de comportamento destes. O aplicativo Techcare proporcionou aos cuidadores compreenderem seu próprio conhecimento sobre saúde e o cuidado com o outro, além de entender sobre as mudanças de comportamento necessárias para a promoção da sua própria saúde. PALAVRAS-CHAVE: Tecnologia. Idoso. Enfermagem geriátrica. Promoção da Saúde. Educação em Saúde.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10592
Aparece nas coleções:PPGENF - Dissertações de mestrado profissional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12677_DISSERTAÇÃO 13_10_2018 (2).pdf2.29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.