Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10611
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCOSTA, Ricardo da
dc.date.accessioned2018-12-20T13:29:28Z-
dc.date.available2018-12-20
dc.date.available2018-12-20T13:29:28Z-
dc.identifier.citationPEREIRA, B. P., CORPOS, VESTUÁRIO E ESTRUTURA SOCIAL: a arte germânica da iluminura no Codex Manesse (século XIII)por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10611-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleCORPOS, VESTUÁRIO E ESTRUTURA SOCIAL: a arte germânica da iluminura no Codex Manesse (século XIII)por
dc.typemasterThesisen
dcterms.abstractEsta pesquisa investigou o vestuário dos cavaleiros ministeriais no Große Heidelberger Liederhandschrift, com o intuito de captar os reflexos da ordem social medieval do século XIII a partir das iluminuras presentes neste manuscrito. As miniaturas do Manessische Handschrift são uma excelente referência para a ideia que se tem sobre a vida e o mundo na Idade Média, já que retratam muito bem o panorama do vestuário medieval. As vestes são uma extensão do corpo, elemento tão caro à concepção cristã do medievo. Inventariamos as peças que compõem o vestuário dos cavaleiros ministeriais; categorizamos tais peças com base na hierarquia social medieval e relacionamos características tais como cores e cortes à ordem hierárquica social medieval. Por ser uma pesquisa teórica, utilizamos fontes primárias e secundárias, tais como: Codex Manesse:Die Miniaturen der Großen Heidelberger Liederhandschrift (Ingo Walther e Gisela Siebert), Tratado do Amor Cortês (André Capelão), A Arte de Amar (Ovídio) e os Lais de Maria de França. A análise deste estudo foi fundamentada pelo método proposto por Erwin Panofsky (1892-1968) na obra Significado nas Artes Visuais. O estudo apoiou-se também na noção de imagem sugerida por Jean-Claude Schmitt (1946- ) em duas obras: O Corpo das Imagens e Dicionário Temático do Ocidente Medieval. No universo das 137 iluminuras, foram selecionadas seis, a partir de dois critérios: 1) vestuário de cavaleiros ministeriais; 2) imagens que contivessem uma figura masculina e uma feminina. A partir da análise das seis iluminuras selecionadas, conseguimos flagrar os reflexos da ordem social medieval do século XIII, ao observarmos a vestimenta dos trovadores representados no Codex Manesse. Nas imagens, prevaleceu a ocorrência do traje civil, muito utilizado pela nobreza e, por conseguinte, pelos ministeriais. Palavras-chave: Arte medieval, Iluminuras, Vestuário, Codex Manesse, Corpo.por
dcterms.creatorPEREIRA, B. P.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2018-05-24
dcterms.subjectArte medievalpor
dcterms.subjectIluminuraspor
dcterms.subjectVestuáriopor
dcterms.subjectCodex Manessepor
dcterms.subjectCorpopor
dcterms.subjectpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Artespor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Artespor
dc.contributor.refereeSANTOS, J. A. S.
dc.contributor.refereeNEVES, A. E.
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12135_Dissertação Beatriz_Final_final_final-2.pdf6.79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.