Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10640
Título: A política fiscal e a geografia econômica : um estudo sobre o crescimento econômico de municípios localizados em estados brasileiros limítrofes para o período 2003-2012
Autor(es): Esquerdo, Paula da Silva
Orientador: Giuberti, Ana Carolina
Palavras-chave: Benefícios Fiscais
ICMS
Teoria do Crescimento Econômico
Data do documento: 5-Jul-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Com o objetivo de estudar a influência dos benefícios fiscais de ICMS industriais na taxa de crescimento do PIB, a dissertação aborda o tema em municípios onde, em teoria, as diferenças de alíquotas desse imposto estadual teriam maiores impactos: nos municípios presentes nas divisas dos estados brasileiros. Com base em contrapontos das teorias do crescimento econômico, tanto exógenas quanto endógenas, e via modelagem econométrica de painel dinâmico, a pesquisa que contou com a amostra de 1.159 municípios do país e os seus resultados mostraram que os benefícios fiscais, analisados, não demonstraram influência significativa na taxa de crescimento econômica real no período entre 2003 e 2012, sendo influenciada apenas por alguns fatores específicos dos locais, como arranjo industrial local (número de vínculos, estabelecimentos e valor adicionado da indústria), custo de transporte e densidade demográfica.
In order to study the influence of the tax industrial benefits of ICMS on the GDP growth rate, the paper approaches this issue in municipalities where, in theory, the differences in the rates of this state tax would have the greatest impact: in the municipalities present in the Brazilians states' borders. Based on counterpoints of the economic growth theories, both exogenous and endogenous, and via dynamic panel econometric modeling, the survey that included the sample of 1,159 municipalities in the country and its results showed that the tax benefits, analyzed, showed no influence significant in the real economic growth rate in the period between 2003 and 2012, being influenced only by some specific local factors such as local industrial arrangement (number of links, establishments and value added of the industry), transportation cost and demographic density.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10640
Aparece nas coleções:PPGECO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10238_Paula da Silva Esquerdo - versão final.pdf3.12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.