Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10650
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSilva, Fabio Hebert da-
dc.date.accessioned2018-12-20T13:33:12Z-
dc.date.available2018-12-20-
dc.date.available2018-12-20T13:33:12Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10650-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleGenealogia e clínicapor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc159.9-
dc.subject.br-rjbnNietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900-
dc.subject.br-rjbnPsicologia e filosofiapor
dc.subject.br-rjbnGenealogia (Filosofia)por
dc.subject.br-rjbnPsicologia clínicapor
dcterms.abstractO objetivo do presente trabalho é produzir um espaço de intercessão entre opensamento do filósofo alemão Friedrich Nietzsche e a atividade clínica, em especialno que tange à preocupação dessa atividade com o sofrimento psíquico. Talaproximação e troca se justifica tanto em função da singular interpretação do filósofoa respeito do sofrimento e do adoecimento ao longo de sua obra, quanto de suaaproximação da atividade clínica quando Nietzsche busca em seu trabalhodiagnosticar e transformar diversos aspectos considerados decadentes e doentes damodernidade. Para a produção do referido espaço de intercessão, dois movimentosforam realizados a partir do pensamento crítico de Nietzsche. Em primeiro lugar,uma crítica genealógica da emergência dos valores do modelo clínico damodernidade, partindo de sua composição durante a transição do século XVIII parao XIX dentro da Europa dentro da medicina, passando pela clínica psiquiátrica ealcançando os trabalhos psicanalíticos de Sigmund Freud. Dentro desta análisegenealógica, buscou-se identificar expressões da vontade de verdade dentro dateoria e da prática de tal modelo clínico para, desta maneira, contrapor com opensamento de Nietzsche. Em segundo lugar, o trabalho se propôs a pesquisardentro da obra de Nietzsche um conjunto de conceitos que corroborassem com aprodução de um modelo clínico dentro da psicologia distante de parâmetros morais eda vontade de verdade. Para tanto, recorreu-se ao estudo de conceitos dentro daobra do autor tais como corpo, grande razão, saúde, transvaloração de todos osvalores, perspectiva trágica e etc. Por fim, conclui-se ser possível aproximar e criarum espaço de intercessão entre o pensamento de Nietzsche e a atividade clínica deforma a propor uma psicologia livre de preconceitos morais e da vontade de verdade.por
dcterms.abstractThe aim of the present work is to produce a space of intercession between the thought of the German philosopher Friedrich Nietzsche and the clinical activity, especially regarding the preoccupation of this activity with the psychic suffering. Such an approach and exchange is justified both by the philosopher's unique interpretation of suffering and sickness throughout his work, and by his approach to clinical activity when Nietzsche seeks in his work to diagnose and transform various aspects considered decadent and diseased in modernity. For the production of this space of intercession, two movements were made from the critical thinking of Nietzsche. First, a genealogical critique of the emergence of the values of the clinical model from modernity, starting from its composition during the transition from the eighteenth to the nineteenth century within Europe from medical practice, through the psychiatric clinic and reaching the psychoanalytic work of Sigmund Freud. Within this genealogical analysis, we sought to identify expressions of the "will of truth" within the theory and practice of such a clinical model, in order to counteract with Nietzsche's thinking. Secondly, the work proposed to investigate within Nietzsche's work a set of concepts that corroborated with the production of a clinical model within the psychology distant of moral prejudices that would have oriented this knowledge until Nietzsche and of the "will of truth". For that, we used the study of concepts within the author's work such as body, great reason, health, transvaluation of all values, tragic perspective and etc .. Finally, it is concluded that it is possible to approximate and create a space of intercession between Nietzsche's thought and clinical activity in order to propose a critical psychology in relation to the moral prejudices that support the will of truth about suffering.eng
dcterms.creatorOliveira, Yan Menezes-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2018-06-20-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Psicologia Institucionalpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqPsicologiapor
dc.publisher.courseMestrado em Psicologia Institucionalpor
dc.contributor.refereeViesenteiner, Jorge Luiz-
dc.contributor.refereePaulon, Simone Mainieri-
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12208_Yan Menezes.pdf1.88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.