Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10651
Título: Oficinas e os desafios contemporâneos de tornar verbo os fazeres grupais em psicologia
Autor(es): ANDRADE, L. R.
Orientador: LOUZADA, A. P. F.
Data do documento: 20-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ANDRADE, L. R., Oficinas e os desafios contemporâneos de tornar verbo os fazeres grupais em psicologia
Resumo: A presente dissertação se propõe a pensar a intervenção com grupos no contemporâneo. Afirmamos o grupo, tomando a intervenção denominada Oficina, como espaço possível de produção de pensamento/modos de relacionar com territórios existenciais. Esta pesquisa detém-se naquilo que há de inusitado e imprevisível na dimensão clínica do oficinar, em seus desdobramentos processuais desde sua preparação a seus efeitos. Para tal, interroga-se do tempo presente, do cenário brasileiro contemporâneo, e os desafios que os mesmos nos trazem no sentido de produzir um plano comum que possa colocar em análise as figuras subjetivas da crise tão experimentada e propagada como um slogan de efeitos concretos na produção de subjetividade, nos modos de existência atuais. Para consolidar o fazer, o oficinar, este texto dissertativo detém-se nas contribuições teóricas que tratam do grupo, principalmente enquanto um campo investigativo e interventivo para a psicologia. Por fim, toma o percurso de conceituar o oficinar em sua dimensão clínica e inventiva. Toda a pesquisa atravessa o texto por meio de pequenas crônicas produzidas em oficinas. Palavras-chave: Grupos, Oficina, Psicologia, Contemporâneo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10651
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12479_Lara Rocha Andrade.pdf1.84 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.