Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10731
Título: Até que a morte nos separe : uma análise sobre o feminicídio no município de Vitória-ES (2010-2016)
Autor(es): Cruz, Karla Oliveira Amaral Ribeiro da
Orientador: Rodrigues, Márcia Barros Ferreira
Data do documento: 26-Jun-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente trabalho traz uma discussão sobre violência de gênero seguida de feminicídios perpetrados no Espírito Santo, prioritariamente no município de Vitória. O objetivo geral da pesquisa será analisar o conteúdo das denúncias de violência de gênero seguidas de feminicídio, bem como quais os indícios que o antecederam, registrados entre os anos de 2010 e 2016, junto a Delegacia de Homicídios e Proteção a Mulher (DHPM) no município de Vitória. No sentido de explorar melhor os objetivos propostos, descreveu-se as técnicas e métodos a serem utilizadas. Para tanto, optouse pelo uso intencional da Abordagem Qualitativa e Quantitativa (HAGUETE, 1992; BOUDON, 1971); uso do paradigma indiciário (GINZBURG, 1990); estudo exploratório descritivo (YIN, 2005); pesquisa bibliográfica e documental, por meio da análise dos Inquéritos Policiais (CELLARD, 2008) e entrevistas em profundidade por meio do método História de Vida (PAULILO, 1999). Nesta dissertação, trouxemos a compreensão do termo violência, como um fenômeno global, multicausal e multifacetado. Posteriormente buscou-se explanar um dos tipos de violência, no caso em específico a de gênero, já que não existe feminicídio sem violência de gênero. Para melhor elucidação apresentamos a abordagem de Scott (1990); Saffioti (1992) e outras. No presente trabalho realizamos uma análise sociológica sobre o termo feminicídio, bem como as aproximações e divergências entre as categorias femicídio e feminicídio, alguns dados sobre feminicídio no Brasil e Espírito Santo e algumas produções acadêmicas sobre feminicídio. Analisa também algumas abordagens sociológicas sobre feminicídio, como a Teoria do Patriarcado e a Teoria da Masculinidade, buscando discutir a sua origem e explicar as dinâmicas que produzem tal violência. E, por fim, apresentamos os dados sobre os casos de feminicídio registrados no município de Vitória-ES, por meio da análise dos Inquéritos Policiais e das entrevistas realizadas com os custodiados. Palavras-chave: mulher, violência de gênero, violência contra a mulher, feminicídio, homicídio.
The present academic work leads a discussion about gender violence follow up by feminicides performed on Espirito Santo, primarily on Vitória district area. The general objective of the research will be to analyze the gender violence content reports followed by feminicide, as well as the indications that preceded it, enroll between the years 2010 and 2016,according to the Police Homicide Unit and Protection of Women (DHPM) in Vitória’s territory. There is no better sense than the proposed goals, described as techniques and methods of use. In order to better explore the proposed objectives, the techniques and methods to be used was described. In order to do so, we opted for the intentional use of the Qualitative and Quantitative Approach (HAGUETE, 1992; BOUDON, 1971); use of the indicial paradigm (GINZBURG, 1990); descriptive exploratory study (YIN, 2005); bibliographical and documentary research, through the analysis of Police Surveys (CELLARD, 2008) and in-depth interviews through the History of Life method (PAULILO, 1999). In this dissertation, we have brought the understanding of the term violence, as a global phenomenon, multicausal and multifaceted. Subsequently, we attempted to explain one of the types of violence, in the specific case of gender, since there is no feminicide without gender violence. For better elucidation we present Scott's (1990); Saffioti (1992) approaches and others. In the present academic work we carry out a sociological analysis on the term feminicide, as well as the approximations and divergences between the categories femicide and feminicide, some data on feminicide in Brazil and Espírito Santo and some academic productions on the same subject. It also analyzes some sociological approaches to feminicide, such as Patriarchal Theory and Masculinity Theory, seeking to discuss its origin and explain the dynamics that produce such violence. Finally, we present the data on the cases of feminicide registered in the city of Vitória-ES, through the analysis of Police Inquiries and the interviews conducted with those in custody.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10731
Aparece nas coleções:PPGCSO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12193_DISSERTAÇÃO MESTRADO-KARLA AMARAL- IMPRESSÃO CAPA DURA20181109-93354.pdf2.97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.