Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10734
Título: Avaliação da qualidade dos frutos de genótipos de aroeira (Schinus terebinthifolia Raddi.) em diferentes estádios de maturação
Autor(es): Gerhardt, Nataly Senna
Orientador: Ventura, José Aires
Data do documento: 16-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Schinus terebinthifolius (aroeira) é uma espécie que tem atraído o interesse dos produtores rurais devido os frutos serem utilizados como condimento alimentar, sendo interesse para a indústria alimentícia, e pela potencialidade das atividades biológicas do óleo essencial. Esta demanda do mercado exige qualidade dos frutos, relacionando as suas características físicas e químicas. No presente estudo avaliou-se a qualidade dos frutos de diferentes genótipos de aroeira em diferentes estádios de maturação, com o objetivo de determinar o melhor estádio para colheita e atender o mercado. Os frutos do genótipo BAAr 05, foram analisados nos cinco estádios de maturação: fruto verde (1); fruto verde-rosado (2); fruto rosado (3); fruto vermelho maduro (4); fruto vermelho intenso passado (5), analisando as características físicas (peso, tamanho), e químicas (componentes químicos do óleo essencial e rendimento do mesmo), desenvolvendo uma nova metodologia para a análise com headspace. Os genótipos BAAr 05, BAAr 08-C e BAAr 23, foram avaliados no quinto estádio de maturação e identificados de acordo com quimiotipos. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com três repetições. Os resultados adquiridos foram submetidos à quimiometria para realizar a análise multivariada dos dados, com o uso da análise dos componentes principais (PCA). Os estádios de maturação do genótipo BAAr 05 apresentaram o agrupamento entre estádios uniformes e separação entre os estádios intermediários, demostrando a característica de transição dos frutos do estádio 2 e 3. Para determinar o rendimento de óleo, foi utilizado o aparato de Clevenger, sendo maior no quarto estádio de maturação (3,76%), sugerindo então que seja o melhor ponto de colheita, visto que os componentes do óleo essencial não alteraram entre os estádios e que apenas o limoneno obteve um aumento no estádio 4, apresentando 59,24% de área dos picos. A análise PCA gerou agrupamento entre as repetições dos genótipos BAAr 05, BAAr 08-C e BAAr 23, demostrando que os genótipos apresentam quimiotipos diferenciados. Assim, evidenciou-se que a técnica headspace se destaca em análises quimiométricas dos componentes principais analisando também os quimiotipos dos genótipos.
Schinus terebinthifolia (aroeira) is a species that has attracted the interest of many farmers because the fruits are used as condiment, being of interest to the food industry, and for the potential benefits of its essential oil. This high popularity demands fruit quality, in both its physical and chemical characteristics. In the present study, the quality of the fruits of various genotypes of aroeira in different stages of maturation was evaluated, with the aim of determining the best period for the harvest to meet the market demand. The fruits of the genotype BAAr 05, were analyzed in the five maturation stages: green fruit (1); green-pink fruit (2); pink fruit (3); "ripe" red fruit (4); intense red fruit "past-ripe" (5), analyzing the physical characteristics (weight, size), and chemical characteristics (chemical components of the essential oil and its yield), and developing a new methodology for headspace analysis. The genotypes BAAr 05, BAAr 08-C and BAAr 23, were evaluated in the fifth maturation stage and identified according to chemo-types. The experimental design was completely randomized, with three replications. The results were submitted to chemometrics to perform the multivariable analysis of the data, using the principal components analysis (PCA). The maturation stages of the BAAr 05 genotype showed the grouping between uniform stages and separation between the intermediate stages, showing the transition characteristic of the fruits in stages 2 and 3. The Clevenger apparatus was used to determine the oil yield, which reaches its peak in the fourth stage of maturation(3,76%). This suggests that the fourth stage is the best harvesting time. The PCA analysis showed grouping between the repetitions of the genotypes BAAr 05, BAAr 08-C and BAAr 23, demonstrating that the genotypes have differentiated chemotypes. It became clear that the headspace technique excels in chemometric analysis of the main components also analyzing the genotype chemotypes.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10734
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12389_Dissertação_Nataly Senna Gerhardt PPGBV.pdf2.08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.