Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10809
Título: COMPLEXOS de Inclusão Furazolidona:ciclodextrinas Visando o Desenvolvimento de Medicamentos para o Tratamento da Leishmaniose Cutânea Canina: Caracterização Física e Avaliação Biológica In Vitro
Autor(es): CARVALHO, S. G.
Orientador: KONISHI, J. C. O. V.
Coorientador: FREITAS, J. C. C.
Palavras-chave: 946
-ciclodextrina
hidroxipropil-946
-ciclodextrina
Data do documento: 18-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CARVALHO, S. G., COMPLEXOS de Inclusão Furazolidona:ciclodextrinas Visando o Desenvolvimento de Medicamentos para o Tratamento da Leishmaniose Cutânea Canina: Caracterização Física e Avaliação Biológica In Vitro
Resumo: A leishmaniose cutânea é uma doença zoonose, sendo causada por protozoários do gênero Leishmania. A leishmaniose cutânea canina (LCC) é considerada uma antropozoonose e, atualmente não existe farmacoterapia disponível, no Brasil, para o seu tratamento. Assim, a busca por alternativas farmacêuticas para uso nos animais tem sido objeto de inúmeras pesquisas. Neste cenário, a atividade leishmanicida da furazolidona vem sendo estudada por diversos pesquisadores e, uma vez que o fármaco não é utilizado no tratamento das leishmanioses no homem, seu uso para o tratamento da LCC pode ser considerado. Relatos ciêntíficos apontam a furazolidona como um quimioterápico com boa atividade leishmanicida. Contudo, problemas de toxicidade animal também são relatados, o que pode estar relacionado a sua baixa solubilidade e altas doses requeridas para que o efeito terapêutico seja alcançado. Entre as inúmeras alternativas farmacotécnicas disponíveis para contornar problemas de solubilidade, a formação de complexos de inclusão com ciclodextrinas merece destaque. Além de melhorar a solubilidade e a biodisponibilidade das moléculas hóspedes, a formação de complexos de inclusão (CIs) pode aumentar a estabilidade e favorecer o mascaramento do sabor dos fármacos. Neste contexto, o objetivo do presente estudo foi preparar CIs entre a furazolidona (FZD) e duas ciclodextrinas de interesse farmacêutico: a β-ciclodextrina (βCD) e a hidroxi-propil-β-ciclodextrina (HPβCD). Os CIs foram preparados nas razões molares 1:1 e 1:2 (FZD:CD) pelos métodos de malaxagem e liofilização. A presença de amorfização das partículas e o sucesso da complexação foram confirmadas empregando técnicas de caracterização física e química, a saber: calorimetria exploratória diferencial (DSC), termogravimetria (TG/DTG), microscopia eletrônica de varredura (MEV), difração de raios X (DRX), espectroscopia Raman e ressonância magnética nuclear (RMN) de 13C no estado sólido. Após a caracterização físico-química, avaliou-se a atividade leishmanicida 7 utilizando o método calorimétrico de redução da resazurina em formas promastigotas. A citotoxicidade foi avaliada sobre macrófagos provenientes de monócitos THP-1, empregando-se o ensaio calorimétrico com MTT. Os processos de malaxagem e liofilização escolhidos para a obtenção dos complexos, se mostraram simples e de fácil execução, passíveis de serem escalonadas. A presença de amorfização e a indicação de complexação para os produtos obtidos a partir da β-CD e da HP-β-CD, na razão molar 1:2, preparadas por liofilização, foi confirmada por todas as técnicas utilizadas. Em todos os demais produtos, foi constatada a ocorrência de interações entre o fármaco e as ciclodextrinas em estudo, indicando a formação de agregados do tipo não-complexo. Todas as amostras apresentaram atividade leishmanicida e se mostraram não tóxicas para macrófagos THP-1. Os valores do IC50 para os produtos de complexação MHFZD1:2 e LHFZD1:2 foram 2,7 e 3,02 µg/mL, respectivamente, sendo ambos considerados promissores para o desenvolvimento de medicamentos de uso veterinário com vistas ao uso no tratamento de leismanioses em cães.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10809
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12292_SUZANA GONÇALVES CARVALHO20190308-111655.pdf2.27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.