Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10855
Título: A Cultura do Desperdício em uma Instituição Pública de Ensino Superior
Autor(es): AFONSO, L. Z.
Orientador: OLIVIER, Marilene
Data do documento: 30-Nov-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: AFONSO, L. Z., A Cultura do Desperdício em uma Instituição Pública de Ensino Superior
Resumo: Introdução: As instituições públicas se caracterizam, dentre outras coisas, pelas normas que determinam a obtenção, liberação e formas de alocação de recursos para seu funcionamento. É notória a rigidez de seus procedimentos e do controle feito pelo Tribunal de Contas da União. No entanto, essa burocracia, não é garantia da otimização do uso desses recursos, o que pode ser visto por meio dos diversos desperdícios que são observados, até mesmo para quem ali se encontra de passagem. Objetivo: Dessa forma, esta pesquisa teve como objetivo geral compreender os elementos culturais que podem ser relacionados aos desperdícios na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Abordagem e tipo de pesquisa: Trata-se de uma abordagem mista (qualitativa e quantitativa), e a pesquisa caracterizou-se como descritiva e bibliográfica. Instrumento e coleta de dados: A coleta de dados foi realizada em dois momentos. No primeiro, utilizou-se um questionário para identificar a percepção dos Técnico-administrativos em Educação (TAEs) sobre os artefatos culturais, usando a ferramenta online Enquete Ufes. Em um segundo momento esses artefatos culturais foram objeto de análise por três grupos de TAEs, por meio de entrevista interativa e reflexiva, gravadas, durante as quais discutiram e apresentaram seus argumentos quanto aos valores e suposições existentes por trás desses desperdícios. Análise dos dados: Tomou-se como base o conceito de cultura organizacional proposto por Schein (2009), que norteou o campo para a coleta de dados em relação aos artefatos culturais, os valores que permeiam o discurso institucional e suas suposições básicas. Os dados coletados foram objeto de análise conteúdo. Principais resultados e conclusões: Ao todo foram identificadas 22 suposições básicas que fomentam o desperdício nesta instituição de ensino superior, distribuídas entre as categorias: política externa; compras; comportamento; e gestão. Palavras-chave: Cultura do desperdício. Cultura organizacional. Desperdício. Universidade.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10855
Aparece nas coleções:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12840_DISSERTAÇÃO LEANDRO - Versão Final.pdf1.35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.