Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10887
Título: UTILIZAÇÃO DA TÉCNICA DE GPR (GROUND PENETRATING RADAR) PARA A CARACTERIZAÇÃO DE UNIDADES GEOLÓGICAS NA CIDADE DE VITÓRIA (ESPÍRITO SANTO, SUDESTE DO BRASIL)
Autor(es): ROCHA, D. S.
Orientador: BRICALLI, L. L.
Palavras-chave: Ground Penetrating Radar
Método Eletromagnético
Geofísica
Data do documento: 22-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ROCHA, D. S., UTILIZAÇÃO DA TÉCNICA DE GPR (GROUND PENETRATING RADAR) PARA A CARACTERIZAÇÃO DE UNIDADES GEOLÓGICAS NA CIDADE DE VITÓRIA (ESPÍRITO SANTO, SUDESTE DO BRASIL)
Resumo: Este estudo tem como objetivo caracterizar, através de método eletromagnético, 2 (duas) unidades geológicas na região metropolitana de Vitória-ES, utilizando a técnica de GPR- Ground Penetrating Radar. Objetivos secundários visam investigar litotipos e estruturas geológicas, delimitar contatos entre aterros e embasamento Pré-Cambriano, investigar e descrever arranjos de estruturas geológicas e demonstrar a assinatura geofísica das unidades estudadas. A área de estudo corresponde a 2 (dois) ambientes geológicos-geomorfológicos na cidade de Vitória (Espírito Santo, Sudeste do Brasil): i) área do campus da UFES (Goiabeiras), correspondente a Depósitos fluvio-argilosos arenosos e arenosos recentes; ii) área da Pedra da Cebola, correspondente ao Maciço Vitória. Foram realizados 5 (cinco) perfis geofísicos, em diferentes orientações, de forma que as diferentes características de subsuperfície fossem abordadas e representadas no radargrama. Os perfis possuíam comprimento de até 52m (cinquenta e dois metros) e foram analisados até a profundidade de aproximadamente 6m (seis metros). A aquisição de GPR foi realizada com antena de 270 MHz (duzentos e setenta megahertz), o caminhamento foi realizado utilizando o método do afastamento constante aonde as antenas permanecem a uma distância constante uma da outra. Os perfis de GPR foram processados através do programa RADAN7®, utilizando processamento avançado de dados até que a imagem obtida apresentasse refletores e anomalias bem demarcados. Os dados dos radargramas mostraram dois aspectos geológicos importantes: limite de unidades geológicas bem marcantes e presença de estruturas geológicas. Tanto os lineamentos sobre a imagem como as medidas em campo mostraram que as estruturas NE-SW são muito bem marcadas, secundariamente estruturas NNW-SSE e E-W. Essas estruturas podem estar associadas a controles litoestruturais e tensões neotectônicas. O método demonstrou uma fácil e rápidaaplicação, destacando-se aqui uma otimização de tempo e custo para análise de material em subsuperfície.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10887
Aparece nas coleções:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_13024_Dissertacao_Diego_Rocha_CD.pdf8.57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.