Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10934
Título: UM OLHAR PELA JANELA: LOYSET LIÉDET (1429-1479), O TEMPO E A METÁFORA DOS CORPOS NAS IMAGENS BORGONHESAS
Autor(es): LEMOS, V. S.
Orientador: COSTA, Ricardo da
Palavras-chave: Borgonha - Iluminuras - Loyset Liédet - Iconografia - Corpo
Data do documento: 9-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LEMOS, V. S., UM OLHAR PELA JANELA: LOYSET LIÉDET (1429-1479), O TEMPO E A METÁFORA DOS CORPOS NAS IMAGENS BORGONHESAS
Resumo: No limiar entre o medievo e a modernidade, o iluminador Loyset Liédet (1420-1479) produziu centenas de iluminuras sob demanda da corte dos duques da Borgonha. Ao iluminar as Crônicas de Jean Froissart (1337-1405), Loyset demonstrou este momento que na arte se expressou como o encontro entre o Gótico e o Renascimento. Suas obras, portanto, servem como indício das rupturas e prolongamentos que marcaram seu período, no qual os traços expressaram o naturalismo nascente com o simbolismo que vigorou; das formas mistas de perspectivas com a racionalidade espacial linear e a justaposição dos planos. Examinaremos três iluminuras: 1) Chegada da Rainha Isabel à França , 2) A batalha de Cocherel e 3) Funeral do rei Filipe VI de Valois, produzidas entre 1470-1475. Faremos considerações sobre história, literatura e economia para compreendermos o entorno do artista mas, principalmente, o meio em que as iluminuras foram desenvolvidas. A proeminência do conteúdo histórico nas obras de Froissart é refletida nos temas das iluminuras, portanto analisaremos neste trabalho as manifestações artísticas dos corpos dos homens notáveis a quem as Crônicas desejam rememorar. Para estudarmos essas imagens, partimos do método iconológico proposto por Erwin Panofsky (1892-1968), no qual teceremos a análise das iluminuras selecionadas ao percorremos os três níveis de compreensão das imagens, além da proposta de uma análise das cores conforme as observações de Michel Pastoureau (1947- ). Nossa hipótese central é da função dos corpos nas imagens como fundamento do movimento e da vivacidade como fatores narrativos-imagéticos. Palavras-chave: Borgonha - Iluminuras - Loyset Liédet - Iconografia - Corpo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10934
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12355_DISSERTAÇÃO Vinicius Saebel Lemos.pdf5.38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.