Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10944
Título: Epidemiologia e controle dos principais endoparasitos de cães e gatos domiciliados no município de Alegre-ES
Autor(es): Campos, Diefrey Ribeiro
Orientador: Martins, Isabella Vilhena Freire
Coorientador: Aptekmann, Karina Preising
Palavras-chave: Anti-helmíntico
Fatores de Risco
Prevalência
Anthelmintic
Companion Animal
Epidemiology
Data do documento: 18-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: As principais endoparasitoses intestinais encontradas em animais de companhia são em sua maioria zoonoses de importância para a saúde pública. Objetivou-se com este trabalho determinar a prevalência, os fatores de risco para a ocorrência de endoparasitos em cães e gatos na sede do município de Alegre ES, além de determinar a eficácia do tratamento de cães e gatos, com diferentes associações de anti-helmínticos sobre formas adultas de Ancylostoma spp e Toxocara cati. Para o estudo epidemiológico foram utilizados 345 cães e 160 gatos domiciliados, sem distinção de raça, sexo ou idade. Foram coletadas amostras de fezes dos animais e os proprietários submetidos a uma entrevista sobre manejo dos animais para determinar se o fornecimento de alimentos crus e água não filtrada, assim como frequência de vermifugação, o local de defecação e o recolhimento das fezes são fatores de risco. Para o diagnóstico dos parasitos foram realizadas as técnicas de Willis-Molley, centrífugo-flutuação simples e sedimentação em formalina-éter. Para o teste de eficácia foram selecionados os animais positivos para Ancylostoma spp. sendo 36 cães, divididos em três grupos experimentais um contendo 12 animais positivos para Ancylostoma spp. Os gatos foram divididos em dois grupos com 12 animais positivos para Ancylostoma spp. e 10 positivos para T. cati. Totalizando 22 gatos Foram coletadas amostras de fezes de todos os animais e realizada a técnica MacMaster modificada para a determinação do número de ovos por grama de fezes (OPG) antes do tratamento e sete dias após tratamento para determinar o percentual de redução do OPG e determinar a eficácia dos princípios ativos testados. Os dados foram tabulados e analisados pelo teste do Qui-quadrado (p<0,05) e o cálculo de Odds ratio, com intervalo de confiança de 95%, para a determinação a associação entre as variáveis do questionário com o resultado do exame coproparasitológico. A prevalência de Ancylostoma spp. foi de 59% para os cães e 54% para os gatos. O fornecimento de água filtrada, o não fornecimento de alimentos crus, padronização do local de defecação, recolhimento das fezes reduzem a chances de desenvolvimento de parasitoses intestinais. A frequência de vermifugação também demonstrou ser um fator protetor sendo que animais em que o anti-helmíntico é fornecido mais de uma vez ao ano apresentam menor predisposição de desenvolvimento de parasitismo intestinal. Entre os princípios ativos utilizados pelos proprietários a associação de pamoato de pirantel, pamoato de praziquantel e febantel foi a mais utilizada pelos proprietários de cães, enquanto a associação de pamoato de pirantel e praziquantel foi a mais utilizada pelos proprietários de felinos. A eficácia obtida foi de 100% para T. cati e 99,6% para Ancylostoma spp. nos felinos, enquanto que nos cães a eficácia foi de 100% para o pamoato de pirantel e praziquantel, 99,3% para a associação do pamoato de pirantel, praziquantel e febantel e 98,2% para a milbemicina oxima no controle de Ancylostoma spp.
The major intestinal endoparasitoses found in pets are mostly zoonosesof importance to public health. The objective of this study was to determine the prevalence and risk factors for the development of gastrointestinal parasites in dogs and cats in the cityof Alegre-ESand determine the effecacyof the treatment of dogs and cats, with different associations of anthelminticon adults of Ancylostomaspp., and Toxocara cati. For the epidemiological study of the experiment 345 dogs and 160 cats domiciled, irrespective of race, sex or age were used. Faecal samples from animals and owners subjected to an interview about handling the animals were collected to determine the risk factors. For the identification of parasites techniques Willis-Molley, simple flotation and sedimentation in formalin-ether were performed. For efficacytesting positive animals were selected for Ancylostomaspp. with 36 dogs divided into three groups containing 12 animals positive for Ancylostomaspp. The cats were divided into 2 groups of 12 animals positive for Ancylostomaspp. and 10 positive for T. cati. totaling 22 cats stool samples from all animals were collected and made the modified McMaster technique for determining the number of eggs per gram of feces (EPG) before treatment and seven days after treatment to determine the percentage of reduction ofOPGand determine the effecacyof the anthelmintic. Data were tabulated and analyzed by chi-square test (p < 0.05) and the calculation of odds ratio with a confidence interval of 95%, to determine the association between the variables of the questionnairewith the results of stool examinations. All statistical analyzes were performed BioEstat software version 5.3. The prevalence of Ancylostomaspp. was 59% to 54% for dogs and cats. The supply of filteredwater, not supply of raw foods, standardization of defecation site, collecting the feces reduce the chances of developing intestinal parasites. The frequency of worming also shown to be a protective factor being that animals in which the anthelmintic is supplied more than once per year have less predisposition to development of intestinal parasitism. Among the active principles used by the owners association of pyrantel pamoate, praziquantel pamoate and febantel was most frequently used by dog owners, while the combination of pyrantel pamoate and praziquantel was the most used by the owners of cats. The effectiveness obtained was 100% for T. catiand 99.6 % for Ancylostomaspp. in cats, dogs while the efficacy was 100 % for the praziquantel and pyrantel pamoate, 99.3% for the association of pyrantel pamoate, praziquantel and febantel and 98.2 % for the control milbemycin oxime Ancylostomaspp
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10944
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7468_Diefrey Ribeiro Campos.pdf1.06 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.