Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10969
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAmaral, José Francisco Teixeira do-
dc.date.accessioned2019-03-22T02:03:15Z-
dc.date.available2019-03-21-
dc.date.available2019-03-22T02:03:15Z-
dc.identifier.citationMENDES, Tiago Pacheco, Marcha de absorção de nutrientes na cultura de yacon. 2019. 64 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2019.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10969-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectSmallanthus sonchifoliuspor
dc.subjectAsteraceaepor
dc.subjectNutriçãopor
dc.titleMarcha de absorção de nutrientes na cultura de yaconpor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc63-
dc.subject.br-rjbnBatatapor
dc.subject.br-rjbnMacronutrientespor
dc.subject.br-rjbnMicronutrientespor
dcterms.abstractVários estudos têm comprovado os mais variados benefícios que a yacon promove a saúde humana, resultando na abertura de novos horizontes sobre o seu cultivo como um novo produto a ser explorado. A expectativa de expansão do seu cultivo gera novas demandas para a pesquisa, dentre elas, pela geração de informações sobre os aspectos nutricionais, que são escassas, principalmente no Brasil. Sendo assim, objetivou-se no presente estudo avaliar o acúmulo de macro e micronutrientes nos tecidos vegetais da yacon, bem como identificar em que estádio de desenvolvimento o requerimento de nutrientes é mais crítico. O experimento foi conduzido em condições de campo na Fazenda Garganta, distrito de Celina, no município de Alegre-ES, seguindo delineamento experimental em blocos casualizados, no esquema de parcelas subdivididas, sendo as parcelas caracterizadas por três níveis de adubação (60, 100 e 140% da dose recomendada) e as subparcelas caracterizadas pelas oito épocas de coleta de dados, com quatro repetições. O acúmulo de massa seca e a produção de raízes tuberosas foi maior na dose de 140% da adubação recomendada. Exceto para o Cu, o acúmulo de todos os nutrientes na planta em função do tempo ajustou-se a um modelo linear. O macronutriente mais acumulado pela yacon foi o Ca (267,2 g ha-1), seguido pelo N (172,0 kg ha-1), K (106,9 kg ha-1), P (33,2 kg ha-1) e Mg (25,9 kg ha-1). O micronutriente mais acumulado pela yacon foi o Fe (6,3 kg ha-1), seguido pelo Zn (179,6 g ha-1), Mn (174,2 g ha-1) e Cu (59,2 g ha-1). A ordem de extração de nutrientes pela cultura da yacon foi Ca>N>K>P>Mg>Fe>Zn>Mn>Cu.por
dcterms.abstractSeveral studies have proven the many benefits that yacon promotes human health, resulting in the opening of new horizons on its cultivation as a new product to be explored. With the expectation of expansion of its cultivation, it generates new demands for research, among them, the generation of information about the nutritional aspects, which are scarce, mainly in Brazil. Therefore, the objective of this study was to know the accumulation of macro and micronutrients in the plant tissues of yacon culture, as well as to identify at what stage of development the nutrient requirement is more critical. The experiment was conducted under field conditions at Fazenda Garganta, Celina district, in the city of Alegre-ES, Brazil. The experimental design was a randomized complete block design, with three levels of fertilization: 60, 100 and 140% of the dose recommended by Kruger (2003). The subplots were characterized by the 8 data collection periods, with 4 replicates. The accumulation of dry mass and the production of tuberous roots was higher in the dose of 140% of the recommended fertilization. Except for Cu, the accumulation of all the nutrients in the plant as a function of time was adjusted to a linear model, the Cu accumulation in the plant as a function of time presented quadratic adjustment. The macronutrient most accumulated by yacon was Ca (267.2 g ha-1 ), followed by N (172.0 kg ha-1), K (106.9 kg ha-1), P (33.2 kg ha-1) and Mg (25.9 kg ha-1). The micronutrient most accumulated by yacon was Fe (6.3 kg ha-1 ) followed by Zn (179.6 g ha-1 ), Mn (174.2 g ha-1 ) and Cu (59.2 g ha -1). The order of nutrient extraction by yacon culture was Ca> N> K> P> Mg> Fe> Zn> Mn> Cu.eng
dcterms.creatorMendes, Tiago Pacheco-
dcterms.formatTextpor
dcterms.issued2019-02-25-
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Produção Vegetalpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqAgronomia-
dc.publisher.courseMestrado em Produção Vegetalpor
dc.contributor.refereeRangel, Otacílio Jose Passos-
dc.contributor.refereeTomaz, Marcelo Antonio-
dc.contributor.advisor-coOliveira, Fábio Luiz de-
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12227_Tiago Pacheco Mendes.pdf
  Restricted Access
1.43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.