Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11010
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMeneguelo, Ana Paula-
dc.date.accessioned2019-04-10T02:06:06Z-
dc.date.available2019-04-09-
dc.date.available2019-04-10T02:06:06Z-
dc.identifier.citationLIMA, Pâmela Rossoni. Estudo da percepção pública sobre captura e armazenamento geológico de CO2 (CCS) no Espírito Santo. 2018. 163 f. Dissertação (Mestrado em Energia) - Programa de Pós-Graduação em Energia, Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, São Mateus, 2018.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/11010-
dc.subjectCCSpor
dc.subjectEspírito Santopor
dc.subjectPercepção públicapor
dc.subjectRedução das emissões de CO2por
dc.subjectCaptura e armazenamento de carbonopor
dc.subjectCarbon dioxideeng
dc.subjectPublic perceptioneng
dc.subjectReducing CO2 emissionseng
dc.subjectCarbon capture and storageeng
dc.titleEstudo da percepção pública sobre captura e armazenamento geológico de CO2 (CCS) no Espírito Santopor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc620.9-
dc.subject.br-rjbnOpinião pública - Pesquisa - Espírito Santo (Estado)por
dc.subject.br-rjbnEfeito estufa (Atmosfera)por
dc.subject.br-rjbnDióxido de carbonopor
dcterms.abstractA produção de energia por processos mais limpos associado à conscientização da população para um consumo sustentável torna-se um desafio para o século XXI. Porém, a maior parte da energia consumida mundialmente é oriunda da queima de combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás natural). O processo de combustão gera Gases de Efeito Estufa sendo o dióxido de carbono (CO2), o metano (CH4) e o óxido nitroso (N2O) os mais abundantes. Entretanto, o dióxido de carbono merece destaque, pois é o gás que mais contribui para o aquecimento global, representando 58% do total das emissões mundiais de GEE (IEA, 2017), já no Brasil este gás representa 73% das emissões (SEEG, 2018). Neste contexto, insere-se a tecnologia de Sequestro Geológico de Carbono (ou Carbon Capture and Storage CCS), que visa contribuir para a redução das emissões de CO2. O Brasil, no ano de 2010, se comprometeu a tomar ações apropriadas de mitigação para reduzir a intensidade de suas emissões de GEE, todavia não há uma regulamentação de como o compromisso será cumprido e não se observa nos meios de comunicação uma discussão sobre o assunto. Portanto, esta dissertação teve como objetivo analisar a percepção pública da tecnologia CCS no estado do Espírito Santo, mais especificamente nas cidades de Vitória e São Mateus, relacionando-a com a consciência ambiental dos cidadãos no âmbito das mudanças climáticas. Para isso, este estudo teve como estratégia metodológica a obtenção de dados por meio de entrevistas pessoais com 400 habitantes da cidade de Vitória e 400 habitantes de São Mateus. Posteriormente, foi realizada uma análise descritiva dos resultados de modo a fundamentar as diferenças entre as respostas obtidas na capital e no interior. Além disso, também foram realizados testes de hipóteses com diferentes grupos da população para avaliar a existência de associação entre as variáveis qualitativas. Observou-se que a população de ambas as cidades sentem as mudanças climáticas ao redor do local onde residem, que os combustíveis fósseis contribuem, em parte, para o aquecimento global, que o desmatamento é a forma que mais contribui para aumentar o aquecimento global no Brasil e que as mudanças climáticas podem aumentar a falta de água. Os entrevistados das duas cidades declararam preocupações com as questões ambientais, todavia, há uma baixa disposição para pagamento de imposto ao combate do aquecimento global e baixa aderência para deixarem seus automóveis e utilizarem o transporte público. Verificou-se que a população das duas cidades não possuem conhecimento sobre CCS, porém, ao conhecerem a tecnologia demonstraram atitudes de apoio para o desenvolvimento da mesma no Brasil por parte do Governo. Não foram encontradas diferenças significativas quanto ao apoio para desenvolvimento do CCS no Brasil por parte do Governo brasileiro dado sexo, classe econômica e grau de escolaridade nas duas cidades. Na cidade de Vitória, não foram encontradas diferenças significativas com relação às pessoas preocupadas com as mudanças climáticas dado sexo, classe econômica e grau de escolaridade, porém, na cidade de São Mateus foram encontradas diferenças significativas com relação às pessoas preocupadas com as mudanças climáticas dado grau de escolaridade. O teste de hipótese revelou que essa diferença encontra-se entre o nível superior completo e o fundamental completo, sendo que as pessoas que possuem o nível de instrução mais elevado mostram-se mais sensíveis a estas questões.por
dcterms.abstractCleaner energy production associated with population awareness for sustainable consumption becomes a challenge for the 21st century. However, most of the energy consumed worldwide comes from the burning of fossil fuels (coal, oil and natural gas), responsible for the generation of greenhouse gases, the most abundant being: CO2, CH4 e N2O. However, carbon dioxide (CO2) is the gas that contributes most to global warming, accounting for 58% of total global GHG emissions (IEA, 2017). In Brazil, this gas represents 73% of total emissions (SEEG, 2018). In this context, it includes the technology of Carbon Capture and Storage (CCS), which aims to contribute to the reduction of CO2 emissions. This dissertation aims to analyze the public perception of CCS technology in the state of Espírito Santo, more specifically in the cities of Vitória (capital) and São Mateus (interior), relating it to environmental awareness of citizens in the context of climate change. This study had as methodological strategy the obtaining of data through personal interviews with 400 inhabitants in each city. A descriptive analysis of the results was carried out in order to substantiate the differences between the answers obtained in the capital and in the interior. In addition, hypothesis tests were also carried out with different population groups to evaluate the existence of an association between the qualitative variables. It was observed that most respondents in both cities feel the climate changes around the place where they live; that fossil fuels contribute, in part, to global warming; that deforestation is the way that contributes most to increasing global warming in Brazil and that climate change can aggravate problems related to the scarcity of drinking water. Respondents from both cities have voiced concerns about environmental issues, however, there is a low willingness to pay tax on global warming and low membership to leave their cars and use public transport. It was verified that the population of the two cities does not have knowledge about CCS, however, knowing the technology demonstrated support attitudes for the development of the same in Brazil by the government. Hypothesis tests revealed that in the city of São Mateus there are significant differences among people concerned about climate change due to the degree of schooling. The difference is between the upper and lower levels, and people with the highest level of education are more sensitive to these issues.eng
dcterms.creatorLima, Pâmela Rossoni-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2018-11-12-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Energiapor
dc.subject.cnpqEngenharia, Tecnologia e Gestãopor
dc.publisher.courseMestrado em Energiapor
dc.contributor.refereeCésar, Aldara da Silva-
dc.contributor.refereeAraújo, Jesuína Cássia Santiago de-
dc.contributor.advisor-coChaves, Gisele de Lorena Diniz-
Aparece nas coleções:PPGEN – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12664_94 - Pâmela Rossoni Lima.pdf4.04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.