Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11034
Título: Competência gerencial do Bibliotecário em contextos empresariais: um estudo fenomenográfico
Autor(es): Batista, Carla Erler Mattos
Orientador: Amaro, Rubens de Araujo
Data do documento: 12-Dez-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: The main objective of this research is to analyze the different conceptions of management that influence the development of management skills of librarians who act as managers in the informational area in companies from the state of Espírito Santo. For this, a descriptive and qualitative research was carried out based on the phenomenological approach. Data were collected from in-depth individual interviews with ten manager librarians. The construction of the data was done from established protocols in the field of phenomenology. The results show four different management conceptions that direct managers' actions to different focuses: problem solving, process management, a set of organizational activities and a set of client-oriented activities. The use of phenomenology to understand the management and development of managerial skills brings new insights to the study of the phenomenon. First, it shows that the ways that individuals understand management lead them to different practices, to mobilize diverse skills and to different ways of improving themselves as managers. Secondly, it shows the importance of phenomenology when studying the management phenomenon and the development of managerial competences, taking into consideration that this topic had not yet been studied from this methodology. Phenomenography shows promise to broaden the understanding of the managerial area in the fields of Administration and Information Science / Librarianship.
O objetivo central dessa pesquisa é analisar as diferentes concepções de gestão que influenciam o desenvolvimento de competências gerenciais de bibliotecários que atuam como gestores na área informacional em empresas capixabas. Para isso, foi realizada uma pesquisa descritiva e qualitativa tendo como base a abordagem fenomenográfica. Os dados foram coletados a partir de entrevistas individuais em profundidade com dez bibliotecários gestores. A construção dos dados foi realizada a partir de protocolos consagrados no campo da fenomenografia. Os resultados mostram quatro diferentes concepções de gestão que dirigem as ações dos gestores para focos distintos: solução de problemas, gerenciamento de processos, um conjunto de atividades organizativas e um conjunto de atividades voltadas ao cliente. A utilização da fenomenografia para compreender a gestão e o desenvolvimento de competências gerenciais traz novos insights para o estudo do fenômeno. Em primeiro lugar, mostra que as maneiras que os indivíduos compreendem a gestão os levam a diferentes práticas, a mobilizar competências diversas e as maneiras distintas de se aprimorar como gestores. Em segundo lugar, mostra a importância da fenomenografia ao estudar o fenômeno gestão e o desenvolvimento de competências gerenciais, levando em consideração que essa temática ainda não tinha sido estudada a partir dessa metodologia. A fenomenografia se mostra promissora para ampliar a compreensão sobre a área gerencial nos campos da Administração e Ciência da Informação/Biblioteconomia.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11034
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12788_Dissertação Carla20190415-83420.pdf1.61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.