Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11039
Título: Efeito preventivo da yacon (Smallanthus sonchifolius) nas alterações inflamatórias, oxidativas e da integridade intestinal em modelo animal de carcinogênese colorretal.
Autor(es): VEREDIANO, T. A.
Orientador: COSTA, N. M. B.
Palavras-chave: Fatores dietéticos estão relacionados à carcinogênese colorr
Data do documento: 26-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VEREDIANO, T. A., Efeito preventivo da yacon (Smallanthus sonchifolius) nas alterações inflamatórias, oxidativas e da integridade intestinal em modelo animal de carcinogênese colorretal.
Resumo: Fatores dietéticos estão relacionados à carcinogênese colorretal. Yacon (Smallanthus sonchifolius) é um alimento funcional com atividade prebiótica, por ser fonte abundante de frutooligossacarídeos (FOS), que são fermentados pelas bactérias benéficas com efeitos positivos à saúde intestinal. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito prebiótico da farinha de yacon (FY), como fonte de FOS, na integridade da barreira intestinal, na resposta inflamatória e no estresse oxidativo em modelo animal de câncer de cólon induzido (CRC). Ratos Wistar adultos foram divididos em 4 grupos: S (sem CRC e sem FY, n=10); C (com CRC e sem FY, n=12); Y (sem CRC e com FY, n=10); CY (com CRC e com FY, n=12). Animais dos grupos S e C receberam a dieta AIN-93 M e os animais do grupo Y e CY receberam a mesma dieta acrescida de FY em quantidades suficientes para fornecer 5% FOS, durante as 16 semanas do experimento. Entre as semanas 4 8, os animais do grupo C e CY receberam, por via subcutânea, 25 mg/ kg peso corporal de 1,2-dimetilhidrazina (DMH) uma vez por semana. Na última semana, foi realizada a coleta da urina de 24 h para análise da permeabilidade intestinal utilizando lactulose e manitol. Amostra sanguínea foi coletada para análise das interleucinas (IL) -10 e IL-12, fator de necrose tumoral alfa (TNF-&#945;) e capacidade antioxidante total (CAT). O intestino grosso foi coletado para análise do pH intraluminal, ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) e imunoglobulina A secretória (sIgA). Os resultados foram analisados utilizando-se Two-way ANOVA (análise de variância), seguida pelo teste Newman-Keuls (p<0,05), com auxílio do GraphPad Prism®, versão 7. Os animais induzidos ao câncer apresentaram aumento de TNF-&#945;, AGCC (acetato, propionato e butirato) e redução da CAT. A farinha de yacon exerceu efeito significativo na redução do pH intraluminal e a relação lactulose/manitol, mas não apresentou efeito no nível de IL-10, IL-12 e TNF-&#945;. Ainda, sIgA aumentou no grupo que recebeu a FY sem a indução do CC (Grupo Y). Observou-se aumento de manitol e CAT no grupo CY, evidenciando interação significativa entre FY x CRC. Assim, o consumo da farinha de yacon promoveu efeitos benéficos na saúde intestinal de animais induzidos ao câncer de cólon e também foi benéfica em parâmetros intestinais dos animais saudáveis.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11039
Aparece nas coleções:PPGCTA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12195_Dissertação Final de Mestrado - Thaisa Agrizzi Verediano Pdf.pdf1.06 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.