Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11066
Título: "IÊ, VIVA A CAPOEIRA, CAMARÁ! APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO PELA CAPOEIRA EM VITÓRIA - ES: CONSOLIDANDO A IDENTIDADE CULTURAL E AMPLIANDO A CIDADANIA
Autor(es): OLIVEIRA, E. R.
Orientador: FREIRE, A. L. O.
Palavras-chave: Capoeira
Território
Identidade Cultural
Cidadania
Data do documento: 13-Mar-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: OLIVEIRA, E. R., "IÊ, VIVA A CAPOEIRA, CAMARÁ! APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO PELA CAPOEIRA EM VITÓRIA - ES: CONSOLIDANDO A IDENTIDADE CULTURAL E AMPLIANDO A CIDADANIA
Resumo: O objetivo principal desta dissertação é analisar o processo de apropriação do território na cidade de Vitória (ES) pelos grupos de capoeira. A intenção é encontrar evidências sobre os aspectos que essa prática pode revelar ou não em relação à dimensão da identidade cultural e da cidadania. A partir desse objetivo, desdobramos a pesquisa em três objetivos específicos, são eles: compreender os aspectos que constituíram a história da capoeira, realizar uma revisão bibliográfica da Geografia sobre a temática e investigar os relatos orais dos mestres e dos professores no que se refere à relação estabelecida entre a capoeira, apropriação do território, a consolidação da identidade cultural e a ampliação da cidadania. Na metodologia, realizamos uma pesquisa participante, por meio do método qualitativo. Para compreender os aspectos que envolvem a capoeira vivenciada na cidade de Vitória, utilizamos a observação participante, que foi sistematizada em diário de campo, registros iconográficos e relatos orais, realizados por meio da entrevista. Dessa forma, direcionamos a entrevista para quem exercia a liderança, ou seja, o mestre de capoeira. Essa decisão foi tomada porque consideramos esse indivíduo como o catalisador de opiniões dentro do grupo. Em termo gerais, o mestre é aquele que, em limitado processo de feedback com seus discípulos, forma e informa a ideologia do grupo. As perguntas levantadas, durante a entrevista, têm como finalidade dialogar com os conceitos trabalhados durante a pesquisa, tais como: território, identidade e cidadania. Como resultado, percebemos que os valores transmitidos na capoeira atuam como fomentadores da identidade cultural e da consolidação da cidadania.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11066
Aparece nas coleções:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_13206_Dissertação final Elvis - PPGGeo.pdf15.98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.