Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11104
Título: CO-PIRÓLISE DE CASCA DE CAFÉ E POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE
Autor(es): PIMENTEL, F. S.
Orientador: LIRA, T. S.
Coorientador: XAVIER, T. P.
Palavras-chave: Otimiza¸cao
Sinergia
Termogravimetria
Modelo cin´etic
Data do documento: 27-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PIMENTEL, F. S., CO-PIRÓLISE DE CASCA DE CAFÉ E POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE
Resumo: A pir´olise de biomassa representa uma op¸cao de tratamento t´ermico que visa a trans- forma¸cao de rejeitos em produtos de alto valor agregado, em destaque o bio-´oleo. Quando obtido da pir´olise de biomassa lignocelul´osica, possui alto teor de oxigenio estrutural, o que se torna um obst´aculo para sua utiliza¸cao como combust´ıvel. Uma alternativa de melhoria do bio-´oleo ´e por meio da co-pir´olise de biomassa e res´ıduos pl´asticos. Assim, este trabalho tem como objetivos avaliar a sinergia da co-pir´olise da casca de caf´e e do polietileno de baixa densidade (PEBD) e analisar os efeitos de vari´aveis operacionais so- bre o processo. O comportamento da degrada¸cao t´ermica de misturas de casca de caf´e e PEBD contendo 0, 25, 50, 75 e 100% de PEBD, em massa, foi avaliado por meio de an´alise termogravim´etrica, ademais parametros cin´eticos e termodinamicos foram estimados. As misturas apresentaram sinergia, exibindo reatividade elevadas e necessidade de menores quantidades de calor fornecido para ocorrencia da rea¸cao, principalmente a composi¸cao de PEBD 75%. Foram encontradas as seguintes faixas de valores de energia de ativa¸cao: (13,55 177,01) kJ/mol, entalpia: (8,48 170,81) kJ/mol e entropia: (-291,8 -62,95) J/mol. Foram investigados os efeitos das vari´aveis: temperatura final de rea¸cao, taxa de aquecimento e tempo espacial sobre o rendimento do produto l´ıquido. Com base na an´alise estat´ıstica, foi verificado que o maior efeito sobre o rendimento do produto adv´em da intera¸cao entre a temperatura e tempo espacial. Al´em disso, por meio da fun¸cao dese- jabilidade, verificou-se que os valores correspondentes a temperatura final de rea¸cao, taxa de aquecimento e tempo espacial para maximiza¸cao da produ¸cao de bio-´oleo sao 873,15 K, 10 K/min e 1,42 min, respectivamente. E, por fim, identificaram-se os compostos ma- jorit´arios na composi¸cao do bio-´oleo que sao parafinas, seguido de olefinas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11104
Aparece nas coleções:PPGEN – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12977_95 - Felipe Santos Pimentel.pdf3.29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.