Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11130
Título: Expressão de receptores inibitórios nas células T durante a infecção por Leishmania braziliensis
Autor(es): Silva, Juliana Araujo
Orientador: Gomes, Daniel Cláudio de Oliveira
Palavras-chave: Leishmanioses
Exaustão celular
Receptores inibitórios
Leishmaniasis
Data do documento: 12-Set-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, Juliana Araujo. Expressão de receptores inibitórios nas células T durante a infecção por Leishmania braziliensis. 2018. 60 f. Dissertação (Mestrado em Doenças Infecciosas) - Programa de Pós-Graduação em Doenças Infecciosas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2018.
Resumo: Leishmaniose é um termo utilizado genericamente para definir um complexo de doenças clinicamente diferentes causada por protozoários do gênero Leishmania. As leishmanioses são classificadas em Leishmaniose Visceral (LV) e Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA), sendo que esta última inclui as manifestações clínicas cutâneas e as mucocutâneas. Processos infecciosos que resultam na persistência antigênica ou síndromes inflamatórias crônicas afetam as funções efetoras de células T antígeno-específicas, sendo caracterizado pela alta expressão de receptores inibitórios tais como: PD-1, TIM-3, CTLA-4, KLRG-1 e CD57. Neste trabalho objetivamos avaliar a expressão dos receptores de exaustão celular PD-1, CTLA-4, KLRG-1, CD57 e TIM-3 nas células T CD4+ e T CD8+ . Nós mostramos frequências mais altas de PD-1, CTLA-4, CD57, KLRG-1 e TIM-3 em pacientes com leishmaniose cutânea. Simultaneamente foi verificado um aumento na produção de IFN-ɣ, TNF- αe PCR, o que reflete diretamente sobre a capacidade microbicida e o perfil da inflamação nos pacientes com leishmaniose cutânea. Nossos resultados ampliam o conhecimento da caracterização da resposta imunológica durante as leishmanioses, que podem ser mais explorados para o auxílio para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas.
Leishmaniasis is a term used to define a complex of clinically different diseases caused by protozoa of the genus Leishmania. Leishmaniasis is classified as Visceral Leishmaniasis (VL) and American Tegumentary Leishmaniasis (ATL), the latter including cutaneous and mucocutaneous clinical manife stations. Infectious processes that result in antigenic persistence or chronic inflammatory syndromes affect the effector functions of antigen-specific T cells, being characterized by high expression of inhibitory receptors such as: PD-1, TIM-3, CTLA-4, KLRG-1 and CD57. The aim was to evaluate the expression of PD-1, CTLA-4, KLRG-1, CD57 and TIM-3 receptors in CD4 + and CD8 + T cells. We have shown higher frequencies of PD-1, CTLA-4, CD57, KLRG-1 and TIM-3 in patients with cutaneous leishmaniasis. Simultaneously an increase in the production of IFN-γ, TNF-α and CRP was observed, which directly reflects the microbicidal capacity and inflammation profile of these patients. Our results amplify the knowledge of the characterization of the immune response during leishmaniasis.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11130
Aparece nas coleções:PPGDI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12870_Dissertação final.pdf1.82 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.