Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11132
Título: Caracterização química e avaliação da atividade fungicida dos óleos essenciais de quatorze espécies vegetais frente ao Fusarium solani f.sp. piperis e Thielaviopsis paradoxa
Autor(es): Santos, Kézia Rayane Roncati dos
Orientador: Borges, Warley de Souza
Palavras-chave: Essências e óleos essenciais
Atividade fungicida
Citotoxicidade
Fusarium solani
Thielaviopsis paradoxa
Data do documento: 20-Mar-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A perda de produtos agrícolas devido a fungos fitopatogênicos é uma questão de grande impacto no mundo. Os fungicidas sintéticos têm sido amplamente utilizados no controle de doenças fúngicas. A aplicação de óleos essenciais é um método alternativo de controle de infecções fúngicas, justificado pela toxicidade e resistência dos fungos patogênicos aos fungicidas sintéticos. O objetivo deste estudo foi encontrar novos agentes antifúngicos entre quatorze espécies de plantas da Mata Atlântica Capixaba. As espécies foram hidrodestiladas, e seus respectivos rendimentos foram calculados, e a análise para caracterização química de seus componentes foi examinada por CG-EM. As composições dos óleos essenciais foram caracterizadas pela presença predominante de maiores quantidades de sesquiterpenos, seguido de monoterpenos, indicados como os responsáveis pelo efeito inibitório mais efetivo dos óleos voláteis. Em seguida, as propriedades antifúngicas destes óleos foram determinadas pelo método de microdiluição contra Fusarium solani f.sp. piperis e Thielaviopsis paradoxa. Todos os óleos essenciais apresentaram alguma inibição contra os fungos testados. Ensaios in vitro mostraram que as espécies de Siparuna brasiliensis, Campomanesia macrobracteolata (folhas e frutos), Piper miquelianum C. DC., Peperomia alata, Baccharis platypoda DC., e Lantana lundiana Schauer foram as melhores para o controle do crescimento de Fusarium solani f.sp. piperis, apresentando concentrações de inibição de 800 μg mL-1. Para os ensaios contra Thielaviopsis paradoxa, os óleos voláteis de Protium sp. e Etlingera elatior mostraram baixas concentrações de inibição, considerados fungicidas na concentração de 200 μg mL-1. Em relação aos ensaios de citotoxicidade realizados com macrófagos murinos (Raw 264.7) pelo método de redução do MTT, os óleos essenciais não apresentaram citotoxicidade nas concentrações as quais foram considerados fungicidas e inibitórios frente ao T. paradoxa e F. solani f. sp. piperis, respectivamente. Estes resultados sugerem que os óleos estudados neste trabalho têm potencial para serem utilizados no controle de infecções fúngicas causadas por estes fitopatógenos.
The loss of agricultural products due to phytopathogenic fungi is a matter of great impact in the world. Synthetic fungicides have been widely used in the control of fungal diseases. The application of essential oils is an alternative method of controlling fungal infections, justified by the toxicity and resistance of pathogenic fungi to syntheti c fungicides. The aimof this study was to find new antifungal agents among fourteenspecies of plants of the Brazilian Atlantic Forest. The species were hydrodistilled, and their respective yields were calculated, and the analysis for chemical characterizati on of their components was examined by GC-MS. Thecompositions of the essential oils were characterized by the predominant presence of larger amounts of sesquiterpenes, followed by hydrocarbon monoterpenes, indicated as responsible for the more effective inhibitory effect of volatile oils. Next, the antifungal properties determined by the microdilution method against Fusarium solanif.sp. piperisand Thielaviopsis paradoxa. All essential oils showed some inhibition against fungi tested. In vitro assays showed that the species of Siparuna brasiliensis, Campomanesia macrobracteolata(leaves and fruits), Piper miquelianumC. DC., Peperomia alata, Baccharis platypodaDC., And Lantana lundianaSchauer were the best for growth control of Fusarium solanif.sp. piperis, exhibiting inhibition concentrations of 800 μg mL-1. For the tests against Thielaviopsis paradoxa, the volatiles of Protiumsp. and Etlingera elatiorshowed low inhibition concentrations, considered as fungicides at the concentration of 200 μg mL -1. In relation to the cytotoxicity assays performed with murine macrophages (Raw 264.7) by the MTT reduction method, the essential oils did not present cytotoxicity at the concentrations which were considered fungicidal and inhibitory against T. paradoxaand F. solanif. sp. piperis, respectively. These results suggest that the oils studied in this work have the potential to be used in the control of fungal infections caused by these phytopathogens
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11132
Aparece nas coleções:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_13097_Dissertação final Kézia Roncati - PPGQui.pdf3.41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.