Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11242
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorPascuci, Lucilaine Maria-
dc.date.accessioned2019-06-13T02:06:51Z-
dc.date.available2019-06-12-
dc.date.available2019-06-13T02:06:51Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/11242-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectGestão acadêmicapor
dc.titleMetáforas e sua representatividade na gestão acadêmicapor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc65-
dc.subject.br-rjbnInstituições Federais de Ensino Superiorpor
dc.subject.br-rjbnMetáfora.por
dc.subject.br-rjbnPrática administrativa.por
dc.subject.br-rjbnGestão de qualidade total - Educação.por
dcterms.abstractAs organizações sociais são essencialmente orientadas por símbolos, a partir dos quais os agentes organizacionais estão constantemente pensando, refletindo e agindo, tendo como base imagens, discursos, decisões e ações. Dentre os diferentes tipos de símbolos presentes na literatura está a metáfora, que faz parte da natureza e da essência das práticas gerenciais das organizações em geral e, ainda mais, de organizações acadêmicas, um dos tipos de organizações mais complexas da sociedade. Considerando que comportamentos, construções de sentido (sensemaking) e símbolos são construídos e compartilhados por gestores acadêmicos e, portanto, são influenciadores de práticas gerenciais adotadas, este estudo investigou a presença e a influência de características de três principais metáforas nas práticas desenvolvidas: a Metáfora da Máquina, a Metáfora da Arena Política e a Metáfora da Anarquia Organizada. Para tanto, examinou-se como as metáforas influenciam as práticas da gestão acadêmica de uma Instituição de Ensino Superior (IES) nos seus diferentes níveis de atuação (formação Técnica, Graduação e Mestrado). O estudo respalda-se em conceitos de metáforas, sensemaking, gestão acadêmica e complexidade organizacional. Trata-se de um estudo de caso de natureza qualitativa, descritiva e exploratória. Dados foram coletados por meio de entrevistas e documentos, os quais foram analisados por meio da técnica de análise de narrativas e de análise documental. Resultados evidenciaram a presença e coexistência de características das três Metáforas investigadas nas práticas gerenciais adotadas na gestão acadêmica, todavia, com preponderância da Anarquia Organizada e da Arena Política. Tal coexistência da manifestação das metáforas nas práticas ressalta as implicações da complexidade organizacional e da pluralidade de públicos e de interesses envolvidos na gestão acadêmica. Ainda que ressaltada a importância da adoção de soluções de cunho mecanicista na gestão acadêmica, as práticas de cunho político foram destacadas como sendo essenciais para se avançar na implementação de mudanças. Destaca-se, portanto, a importância da habilidade do gestor acadêmico para desempenhar esta função, a qual demanda a conciliação de uma dimensão objetiva e, principalmente, subjetiva envolvendo insights, criatividade, improvisação, feeling e, preponderantemente, experiência.por
dcterms.abstractSocial organizations are essentially symbol-oriented, from which organizational agents are constantly thinking, reflecting and acting, based on images, discourses, decisions and actions. Among the different types of symbols present in the literature is the metaphor, which is part of the nature and essence of the management practices of organizations in general and, even more, of academic organizations, one of the most complex types of organizations in society. Considering the fact that behaviors, sensemaking and symbols are constructed and shared by academic managers and therefore, are influencers of management practices adopted, this study investigated the presence and influence of characteristics of three main metaphors in the developed practices: Metaphor of the Machine, the Political Arena Metaphor, and the Organized Anarchy Metaphor. In order to do so, it was examined how the metaphors influence the academic management practices of a Higher Education Institution (HEI) in its different levels of performance (technical, undergraduate and masters). The study is based on concepts of metaphors, sensemaking, academic management and organizational complexity. This is a case study of a qualitative, descriptive and exploratory nature. Data were collected through interviews and documents, which were analyzed through the technique of narrative analysis and documentary analysis. Results evidenced the presence and coexistence of characteristics of the three Metaphors investigated in the management practices adopted in academic management, however, with preponderance of Organized Anarchy and Political Arena. Such coexistence of the manifestation of metaphors in practices underscores the implications of organizational complexity and the plurality of audiences and interests involved in academic management. Although the importance of adopting mechanistic solutions in academic management was emphasized, political practices were highlighted as being essential to progress in the implementation of changes. Therefore, the importance of the academic manager's ability to perform this function, which demands the conciliation of an objective and mainly subjective dimension involving insights, creativity, improvisation, feeling and, above all, experience is emphasized.eng
dcterms.creatorVignati, Monia Lavra-
dcterms.formattextpor
dcterms.issued2019-03-07-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Administraçãopor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqAdministraçãopor
dc.publisher.courseMestrado em Administraçãopor
dc.contributor.refereeDias, Taciana de Lemos-
dc.contributor.refereeCarneiro, Teresa Cristina Janes-
dc.contributor.advisor-coMeyer Júnior, Victor-
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_13253_Dissert Monia Lavra20190612-154648.pdf1.79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.