Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11243
Título: Business analytics e sociomaterialidade: um estudo sobre a prática de gerenciamento de receita em uma companhia aérea
Autor(es): Cavalcanti, Claudia Xavier
Orientador: Silva, Alfredo Rodrigues Leite da
Data do documento: 2-Mai-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O objetivo desta tese é compreender a prática de Business Analytics pela ótica da sociomaterialidade no contexto de Gerenciamento de Receita em uma companhia aérea. Ela se baseia na proposição de que BA é um processo ativo de engajamento entre os analistas e gestores de negócios, em uma imbricação sociomaterial com os dados e as ferramentas analíticas usadas para descobrir novos insights. Nesse âmbito, para responder à questão central desta pesquisa optou-se pela condução de uma pesquisa qualitativa. O processo de coleta de dados foi realizado por meio de observação direta (não participante), de entrevistas e de análise documental. Foi realizada uma análise de conteúdo baseada em um framework de descrição de práticas e atividades. A relevância desse estudo se apresenta por meio do ineditismo em abordar a área de Gerenciamento de Receitas como uma ramificação de Business Analytics no âmbito da sociomaterialidade. Ao desenvolver essa ótica, nesta tese, o campo de estudo de BA e dos estudos organizacionais, obteve contribuições e potencialidades ao tratar algumas implicações teóricas e práticas. Foi possível avançar na abordagem da sociomaterialidade ao fazer uma articulação teórica para conciliar as diferenças existentes nesse campo de conhecimento. Ao aproveitar parte das contribuições de autores da sociomaterialidade que utilizam a lente de análise do realismo agencial (ORLIKOWSKI, 2007; BARAD, 2007; GHERARDI, 2017) para potencializar as contribuições de Leonardi (2011; 2013) sobre imbricação de agências dentro do mesmo campo, esta tese forneceu uma contribuição empírica no contexto da área de Gerenciamento de receita de companhias aéreas, em que demonstrou como duas visões ontológicas diferentes das relações sociomateriais podem ser úteis quando articuladas em conjunto. Outras contribuições foram articuladas, como o conceito de desentrelaçamento de agências de Bratteteig e Verne (2012) e o conceito de Knowing (GHERARDI, 2009) no processo de construção do conhecimento. Também houve a articulação sobre as disposições da tecnologia como vantagem percebida (affordances) e sobre as restrições (constraints) (MARKUS; SILVER, 2008; LEONARDI, 2011), cujos conceitos focam explicitados nas interações não determinísticas entre as pessoas e as tecnologias utilizadas. Esta tese mostrou quais foram essas vantagens e restrições e quais foram as implicações delas na rotina da área de RM da empresa pesquisada. Também abordou como o ambiente inter- organizacional influencia na dinâmica intra-organizacional da área de RM (Revenue Management), ou seja, como as externalidades, que são os eventos fora de rotina, influenciam a prática de gerenciamento de receita (ZORINA; AVISON, 2011). A importância dada ao tempo das atividades também foi articulada, ao identificar os tempos objetivos da área de RM como os prazos das tarefas, e o tempo subjetivo, que descreveu como os analistas interpretam tais prazos (SCHATZKI, 2006; NICOLINI, 2007). Por fim, buscou-se uma maior compreensão de como o perfil analítico dos analistas de RM emerge da prática de gerenciamento de receita, ao entender que as relações entre as agências humanas e materiais são intra-ativas e geram novos sujeitos (BARAD, 2003) e se mostra constitutiva.
The objective of this thesis is to understand Business Analytics from the sociomateriality perspective in the context of Revenue Management in an airline company. It is based on the proposition that BA is an active process of engagement between analysts and business managers, in a sociomaterial imbrication with the data and analytical tools used to discover new insights. In this context, a qualitative research was chosen to answer the question of this research. The data collection process was performed through a non-participant observation, interviews and documentary analysis. A content analysis was performed based on a framework description of practices and activities. A relevance of this study is presented through the novelty in approaching the area of Revenue Management as a branch of Business Analytics in the scope of sociomateriality. In developing this perspective, in this thesis, the field of study of BA and organizational studies obtained contributions and potentialities when dealing with some theoretical and practical implications. It was possible to advance the approach of sociomateriality by making a theoretical articulation to reconcile the existing differences in this field of knowledge. In order to enhance Leonardi's contributions (2011, 2013) on the imbrication of agencies within the same field, it was used some of the contributions of sociomateriality authors that use agential realism as lens of analysis (ORLIKOWSKI, 2007; BARAD, 2007; GHERARDI, 2009). This thesis provided an empirical contribution in the context of the airline revenue management area, in which it demonstrated how two different ontological visions of sociomaterial relationships can be useful when articulated together. Other peripheral contributions were articulated, such as the concept of disentanglement of agencies (BRATTETEIG; VERNE, 2012) and the concept of Knowing (GHERARDI, 2009) in the process of knowledge construction. Other articulations took place, as in the concepts of affordances and constraints (MARKUS; SILVER, 2008; LEONARDI, 2011), whose concepts focus explicitly on the non-deterministic interactions between people and the technologies used. This thesis showed what were these advantages and constraints and what were the implications of them in the routine of the RM area in the airline company. It also addressed how the interorganizational environment influences the intra-organizational dynamics of the RM area, understanding how externalities influence the practice of revenue management (ZORINA; AVISON, 2011). The importance given to the duration (time) of the activities was also articulated, by identifying the objective times of the RM area as the time frames of the tasks, and the subjective time that described how the analysts interpret such deadlines (SCHATZKI, 2006; NICOLINI, 2007). Finally, it was possible to understand how the analytical profile of RM analysts emerges from the practice of revenue management, understanding that the relationships between human and material agencies are "intra-active" and generate new analysts (BARAD, 2003) and is constitutive.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11243
Aparece nas coleções:PPGADM - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_13246_TESE_CLAUDIA XAVIER CAVALCANTI_final20190612-113307.pdf1.54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.