Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11249
Título: Biocarvão de palha de café como condicionador de solo sob cultivo de cafeeiro conilon
Autor(es): Andolfi, Pâmella Figueiredo
Orientador: Passos, Renato Ribeiro
Palavras-chave: Atributos biológicos
Biochar
Cafeicultura
Resíduo orgânico
Data do documento: 28-Mar-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O biocarvão é um material oriundo do processo de pirólise, que carboniza a biomassa em ambiente com pouco ou nenhum oxigênio, sob temperaturas de até 700 °C. Quando aplicado no solo, o biocarvão potencializa o armazenamento de C por um longo tempo. Diante disso, o objetivo do estudo foi avaliar os efeitos do biocarvão de palha de café como condicionador dos atributos do solo e no desenvolvimento e nutrição do cafeeiro conilon, variedade EMCAPER 8151 Robusta Tropical. O estudo foi conduzido a campo, no período de maio a novembro de 2018. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com três repetições, disposto em esquema fatorial 2x5, sendo: duas temperaturas de carbonização (350 e 600 °C) utilizadas na produção de biocarvão de palha de café conilon; e cinco doses de biocarvão de palha de café (0, 3, 6, 9, 12 t ha-1). O aumento da temperatura de pirólise favoreceu a redução da acidez ativa do solo, tanto em superfície como em subsuperfície, e da acidez potencial e Al na profundidade de 0-10 cm. A aplicação de doses crescentes de biocarvão promoveu melhoria da fertilidade do solo, pelo aumento dos valores de pH, Mg, K, Cu, carbono orgânico total e carbono da biomassa microbiana na profundidade de 0-10 cm e aumento dos valores de pH, Mg, K, COT e CBM na profundidade de 10-20 cm. Dentre os teores foliares dos nutrientes, apenas Zn, Cu e Fe tiveram suas concentrações afetadas pela utilização de biocarvões produzidos a diferentes temperaturas de pirólise, com superioridade para os biocarvões produzidos a 600 ºC. Não houve efeito de doses de biocarvão sobre os teores dos nutrientes foliares no cafeeiro. Biocarvões produzidos a 350 ºC apresentaram maior emissão de CO2, sendo, portanto mais lábeis que os biocarvões produzidos a 600 ºC. Os parâmetros vegetativos do cafeeiro não foram influenciados pela aplicação dos biocarvões ao solo. Palavras-chave: atributos biológicos biochar cafeicultura resíduo orgânico
Biocharis a pyrolysis material that carbonizes the biomass in an environment with little or no oxygen at temperatures up to 700 °C. When appliedto the soil, the biocharpotentiates the storage of C for a long time. Therefore, the objective of the study was to evaluate the effects of coffee straw biocharas a conditioner of the soil attributes and in the development and nutrition of coffee conilon, variety EMCAPER 8151 Robusta Tropical. The study was conducted in the field from May to November, 2018. The experimental design was a randomized complete block design with three replications, arranged in a 2x5 factorial scheme: two carbonization temperatures (350 and 600 ° C) used in the production of coniloncoffee straw biochar; and five doses biochar of coffee straw(0, 3, 6, 9, 12 t ha-1). The increase of the pyrolysis temperature favored the reduction of the active acidity of the soil, both in surface and subsurface, and of the potential acidity and Al in the depth of 0-10 cm. The application of increasing doses ofbiocharimproved soil fertility by raising pH, Mg, K, Cu, COTand CBM in the depth of 0-10 cm and increasing pH, Mg , K, COTand CBMin the depth of 10-20 cm. Among the nutrient foliar contents, only Zn, Cu and Fe had their concentrations affected by theuse of biochar produced at different pyrolysis temperatures, with superiority for the biocharsproduced at 600 ºC. There was no effect of biochardoses on leaf nutrient contents in the coffee tree. Biocharsproduced at 350 °C showed higher CO2emissions, being thereforemore labile than the biocharsproduced at 600 °C. The vegetative parameters of the coffee tree were not influenced by the application of the biochar to the soil
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11249
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12243_Pamella Figueiredo Andolfi.pdf1.14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.