Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11251
Título: Garantindo imparcialidade, precisão, confidencialidade e transparência aos dados na perspectiva da Ciência dos Dados responsáveis
Autor(es): Andrade, Morgana
Gonçalez, Paula Regina
Berti Junior, Decio Wey
Baptista, Ana Alice
Coneglian, Caio Saraiva
Palavras-chave: Ciência de dados
Ciência responsável de dados
Data science
Responsible data science
Data do documento: 2019
Resumo: A demanda por acesso e análise de dados, sejam privados, sejam públicos, que promove a tomada de decisão comercial e a ciência, tem impulsionado a Economia e os avanços científicos, de forma a atrair a atenção de vários segmentos da sociedade. No contexto Big Data, surge, como necessidade urgente, a aplicação de direitos individuais e empresariais e de normas regulatórias que resguardem a privacidade, a imparcialidade, a precisão e a transparência. Este artigo aborda possíveis alternativas que podem assegurar a aplicação da ética, bem como a regulamentação para acesso e reúso de dados, a Responsible Data Science (Ciência de Dados Responsáveis). Nesse cenário, a Responsible Data Science desponta como uma iniciativa que tem como base as diretrizes FACT, que correspondem à adoção de quatro princípios: imparcialidade, precisão, confidencialidade e transparência. Para a implementação dessas diretrizes, deve-se considerar o uso de técnicas e abordagens que estão sendo desenvolvidas pela Green Data Science. Para tanto, foi desenvolvida investigação exploratória e descritiva com abordagem qualitativa. Quanto à literatura sobre os temas, foram realizadas pesquisas nas bases de dados bibliográficas Web of Science, Scopus e pelo motor de busca Scholar Google. Foram adotados os termos “Responsible Data Science”, “Fairness, Accuracy, Confidentiality, Transparency + Data Science”, FACT e FAT relacionados com Data Science. Após a análise dos documentos selecionados, concluiu-se que a Green Data Science e as diretrizes FACT contribuem significativamente para a salvaguarda dos direitos individuais, não sendo necessário recorrer a medidas que impeçam o acesso e a reutilização de dados. A iniciativa Responsible Data Science é vista pelos autores como boa prática no contexto do Big Data, principalmente pela possibilidade de reúso dos dados. Os desafios para implementar as diretrizes FACT requerem estudos, condições sine qua non para que as ferramentas para análise e disseminação dos dados sejam desenvolvidas ainda na fase de design, ou seja, na concepção de metodologias que garantam a imparcialidade, a precisão, a transparência e a confidencialidade. Caso contrário, a sua não efetivação poderá resultar em consequências indesejáveis para a sociedade.
The demand for access and analysis of data be it private or public, and that promotes business decision-making and science, has driven the economy and scientific advances, attracting the attention of various segments of society. In the Big Data context, there is an urgent need to apply individual and corporate rights and regulatory standards that safeguard privacy, impartiality, precision and transparency. This article discusses possible alternatives and applications of ethics, as well as the regulation for access and reuse of data (Responsible Data Science). In this scenario, Responsible Data Science emerges as an initiative based on the FACT guidelines, which correspond to the adoption of four principles: impartiality, precision, confidentiality and transparency. For the implementation of these guidelines, the use of techniques and approaches being developed by Green Data Science should be considered. With this in mind, an exploratory and descriptive research with a qualitative approach was carried out. As for the literature on this topic, we searched the bibliographic databases Web of Science, Scopus and the Scholar Google search engine. The terms "Responsible Data Science", "Fairness, accuracy, confidentiality, transparency + Data Science", FACT and FAT related to Data Science were used. After reviewing the selected documents, we concluded that Green Data Science and the FACT guidelines contribute significantly to safeguarding individual rights and there is no need to resort to measures that prevent access to and reuse of data. The Responsible Data Science initiative is seen by the authors as a good practice in the context of Big Data, mainly because of the possibility of data reuse. The challenges to implementing the FACT guidelines require studies and sine qua non conditions for data analysis and dissemination tools to be developed at the design stage, i.e. designing methodologies that ensure impartiality, accuracy, transparency and confidentiality. Not doing so may result in undesirable consequences for society.
Descrição: versão preprint
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11251
Aparece nas coleções:BC - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EDICIC 2019.pdf674.83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons