Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11381
Título: O HUMOR EM O CHEIRO DO RALO, DE LOURENÇO MUTARELLI
Autor(es): NEGRELI, P. P.
Orientador: SODRE, P. R.
Data do documento: 8-Jul-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: NEGRELI, P. P., O HUMOR EM O CHEIRO DO RALO, DE LOURENÇO MUTARELLI
Resumo: Analisa o humor em O cheiro do ralo (2011), de Lourenço Mutarelli, romance brasileiro em que a trama, como o título prevê, gira em torno do cheiro insuportável (de merda) que vem do ralo, o que torna o protagonista paranoico, pois não consegue acabar com o odor, e passa a acreditar que o ralo é o portal para o inferno. Estuda o humor literário narrativo do ponto de vista sobretudo linguístico, considerando os estudos de Vladímir Propp e Luiz Carlos Travaglia; historiográfico, a partir das observações de Georges Minois e Quentin Skinner, e filosófico, fundamentado nas reflexões de Yves de La Taille. Analisa o romance de Mutarelli a partir especialmente de dois aspectos: humor existencial e humor triste. Percebe que os recursos humorísticos mais utilizados no romance, ironia, exagero e a quebra de expectativa orientam a narrativa para a estreita ligação do humor mutarelliano com o grotesco e o coprológico, cujo efeito é o sentimento de tristeza. Palavras-chave: Humor literário brasileiro. Narrativa humorística brasileira contemporânea Lourenço Mutarelli. Lourenço Mutarelli O cheiro do ralo. O cheiro do ralo Humor.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11381
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_13382_Pâmella Possatti Negreli. Dissertação. PPGL-UFES. Julho-2019..pdf626.6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.