Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11423
Título: Realismo, perspectivismo e a questão da objetividade jornalística
Título(s) alternativo(s): Realism, perpectivism and the question of journalistic objectivity
Autor(es): Henriques, Rafael da Silva Paes
Palavras-chave: Realismo
Perspectivismo
Objetividade Jornalística
Searle
Nietzsche
Realism
Perspectivism
Perspectivism
Journalistic Objectivit
Data do documento: Mai-2019
Resumo: O problema da objetividade jornalística se faz presente desde a mais simples até a mais complexa operação realizada diariamente pelos jornalistas, mesmo quando não é tematizado. Da seleção do que fará, ou não, parte do noticiário, passando pela hierarquização e nomeação do que foi selecionado, até a edição dos fenômenos relatados, o jornalista sempre conta com uma visão de como se estrutura e se organiza o mundo em que vivemos e com uma consequente suposta melhor maneira de se acessar e reproduzir as ocorrências de interesse jornalístico. O objetivo deste artigo é apresentar os principais argumentos de duas respostas para o problema da objetividade jornalística: o realismo e o perspectivismo. Esses são dois caminhos bastante distintos no que diz respeito aos posicionamentos ontológico, epistemológico e metodológico com os quais se procura esclarecer o que está em jogo no processo de produção de notícias.
From the simplest to the most complex operations car-ried out by journalists in their daily practice, the issue of objectivity is called into question, even when it is not the main concern. By the means of selecting of what will (or will not) be part of the news, hierarchizing and editing content, and characterizing the phenomena reported, journalists have always uphold a certain perspective about how the world is structured and organized, and therefore promoted a “better way” to access and reproduce newsworthy events. This paper aims to present the main arguments behind two responses to the issue of journalistic objectivity: realism and perspectivism. Both responses entail very different ontological, epistemological and methodological positions concerning what is at stake in the news production process.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11423
Aparece nas coleções:POSCOM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
16241-Texto do artigo-56674-1-10-20190530.pdf559.05 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons