Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11429
Título: Crise, sujeito histórico e consciência de classe: uma abordagem meszariana
Título(s) alternativo(s): Crisis, historical subject and class consciousness: a Meszarian approach
Autor(es): Souza, Rafael Bellan Rodrigues de
Palavras-chave: Consciência de classe
Crise do capital
Sujeito histórico
István Mészáros
Class consciousness
Capital crisis
Historical subject
Data do documento: Jan-2019
Resumo: O texto apresenta resultados de uma pesquisa bibliográfica de dimensão teórico-conceitual acercada problemática da consciência de classe. Nas trilhas do materialismo histórico e da abordagem meszariana, atesta-se que acrise estrutural do sistema do capital apresenta como sintomas o desemprego estrutural, a precarização do trabalho e a destruição ambiental.Nesse ínterim, a reflexão aponta que mesmo operacionalizando suas demandas específicas, os movimentos sociais são capazes de se constituírem em classe quando adquirem, na luta, a percepção de sua força, em uma ação direcionada ao fortalecimento dos trabalhadores livremente associados. Conclui-seque a formação de sujeitos históricos depende não só da criação de uma ideologia emancipatória, mas também de uma série de mediações que avançam a consciência na medida em que manipulam a totalidade em busca de novas formas de sociabilidade
The text presents the results of bibliographical research on the theoretical-conceptual dimensions around the issue of the class consciousness. In the footsteps of historical materialism and the Meszarian approach, it shows that the structural crisis of the capital system presents the symptoms of structural unemployment, precarious work and environmental destruction. Reflection points out that even when their specific demands are made operational, social movements are able to become class movements when they acquire, in their struggle, an understanding of their strength, in actions directed at strengthening freely associated workers. It concludes that the formation of historical subjects depends not only on the creation of an emancipatory ideology, but also on a series of mediations that advance consciousness,insofar as they manipulate the totality in search of new forms of sociability.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11429
Aparece nas coleções:POSCOM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
19912-Texto do artigo-70758-1-10-20190430.pdf792.09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons