Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11435
Título: A Editora Boitempo e a esfera pública alternativa: intelectuais e mídia radical na luta contra-hegemônica
Autor(es): Souza, Rafael Bellan Rodrigues de
Palavras-chave: Intelectuais
Mídia radical
Hegemonia
Editora Boitempo
Intellectuals
Radical media
Hegemony
Boitempo Publisher
Data do documento: Jan-2017
Resumo: A Editora Boitempo possibilita a um conjunto de intelectuais do campo crítico a inserção de seus debates em uma esfera pública alternativa. Além de publicar obras de autores expressivos da esquerda brasileira e mundial, a editora cultiva mídias radicais nosentido de estabelecer um contrapoder na sociedade civil. Ao desafiar a hegemonia por meio da busca por um espaço de contra-hegemonia no pensamento social, nesses últimos vinte anos a Boitempo se afirmou como uma fértil rede da intelectualidade de esquerda. A crise política de 2016 é um momento ímpar para evidenciar o papel da editora na divulgação de ideias contra-hegemônicas.
Boitempo Publisher enables a group of intellectuals critical fieldthe inclusion of their discussions in an alternative public sphere. In addition to publishing works of significant authors of the Brazilian and global left, the publisher cultivates radical media to establish a counter-power in civil society. By challenging the hegemony through the search for a counter-hegemony space in social thought in the past twenty years, the Boitempo is a fertile network for a left intellectuality. The political crisis in 2016 is a unique moment to highlight the role of the publisher in the dissemination of counter-hegemonic ideas
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11435
Aparece nas coleções:POSCOM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
document (7).pdf260.12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons