Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11651
Título: Panorama sobre as recomendações para amamentação em tempos de COVID-19
Título(s) alternativo(s): Overview on the recommendations for breastfeeding and COVID-19
Autor(es): Mocelin, Helaine Jacinta Salvador
Primo, Cândida Caniçali
Laignier, Mariana Rabello
Palavras-chave: Coronavirus
Vírus da SARS
2019 novel coronavirus
SARS Virus
Data do documento: 15-Out-2020
Resumo: Introdução: A infecção humana causada pelo novo Coronavírus é uma emergência de saúde pública de importância internacional, cujo espectro clínico varia de sintomas leves à síndrome respiratória aguda grave. Destaca-se que há informações fragilizadas sobre as apresentações clínicas do Coronavírus em recém-nascidos e crianças. Objetivo: Descrever as recomendações acerca da amamentação durante a infecção por SARS-CoV-2. Método: Estudo de revisão de escopo. Resultados: A discussão sobre a transmissão viral via amamentação é controversa e as recomendações variam de acordo com especialistas em diferentes países do mundo. Conclusão: O conhecimento científico atualmente disponível não permite informar com precisão a melhor conduta no processo de amamentação, fazendo com que cada país decida a estratégia que melhor se adapta a sua realidade. Implicações para a prática: É importante que a equipe de saúde tenha um olhar atento para identificação de sinais e sintomas atípicos durante esse processo para agir preventivamente frente às possíveis intercorrências.
Introduction: Human infection caused by the new Coronavirus is a public health emergency of international importance, whose clinical spectrum ranges from mild symptoms to severe acute respiratory syndrome. However, there is weak information about the clinical presentations of Coronavirus in newborns and children. Objective: To describe the recommendations about breastfeeding during SARS-CoV-2 infection. Methods: Scope review study. Results: The discussion on viral transmission through breastfeeding is controversial and the recommendations vary according to experts of different countries. Conclusion: The scientific knowledge currently available does not allow to accurately inform the best conduct in the breastfeeding process, making each country decide the strategy that best adapts to its reality. Implications for the practice: It is important that the health team has a close eye to identify atypical signs and symptoms during this process to act preventively in the face of possible complications.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11651
Aparece nas coleções:Artigo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
11060-Article Text-36047-1-10-20201015.pdf378.85 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
11060-Article Text-36048-1-10-20201015.pdf410.99 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons