Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1710
Título: Pronatec e as artes de governar :capturas e apropriações em uma escola federal do Espírito Santo
Autor(es): Silva, Maria Izabel Costa da
Orientador: Louzada, Ana Paula Figueiredo
Palavras-chave: Pronatec
Governamentalidade neoliberal
Ensino profissional
Jovens - Educação
Educação de adultos
Políticas públicas
Data do documento: 10-Jun-2015
Resumo: A pesquisa apresentada nesta dissertação buscou analisar um programa governamental de educação profissional, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), priorizando uma de suas ações: o Pronatec Bolsa-Formação, na sua execução em um campus do Instituto Federal do Espírito Santo. Tecemos aliança com Foucault para compreender as artes de governar. Junto com autoras/es do campo da educação profissional, realçamos aspectos do Pronatec que, em nossa análise, compõem a governamentalidade neoliberal configurando-se como procedimento de gestão da pobreza, de fragilização do direito à educação para jovens e adultas/os e de fortalecimento do mercado de formação. Dedicamo-nos também a perceber como tal programa se efetiva e os efeitos que produz no cotidiano da escola, bem como as práticas produzidas nos processos de formação por servidoras/es e estudantes que estão ou não nele envolvidas/os. Se para nós é de fundamental importância compreender a racionalidade que opera em tal política de qualificação profissional e inclusão de jovens e adultas/os trabalhadoras/es, produzindo efeitos sobre nossas vidas, igualmente importante é pensar as práticas que estamos produzindo na relação com ela. Assim, ao localizarmos nossa análise no cruzamento entre a formulação governamental e a vida dos sujeitos, pretendemos estar atentas/os à multiplicidade e heterogeneidade que compõem a realidade na qual estamos decisivamente implicadas/os.
The presented research in this thesis tried to analyze a governmental program of professional education, the National Program for Access to Technical Education and Employment (Pronatec), prioritizing one of its actions: Pronatec Exchange Training in its running on a campus of the Federal Institute of Espírito Santo. We‟ve analyzed Foucault (2008a, 2008b, 2013) to understand the art of governing. Along with authors of the professional education field, we highlighted aspects of Pronatec that, in our analysis, make up the neoliberal governmentality, configuring it as a poverty management procedure, weakening the right to education for youth and adults and strengthening the training market. We‟ve tried to understand how such a program is effective and the effects it does in the school routine; produced practices in the training process by servers and students who are involved or not with them. It is very important for us to understand the rationality that operates in such a professional inclusion and qualification policy of young adults and adult workers, producing effects on our lives and it is so important to think about the technics we are producing in relation to it. So, after analyzing the crossing of government formulation and the life of the subjects, we intend to be attentive to the multiplicity and heterogeneity that makes up reality in which we are decisively involved.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1710
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Mariaizabel.pdfTexto completo3.49 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons