Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1907
Título: O aluno com deficiência causada pela Síndrome de Williams na escola comum : processos inclusivos pelas falas daqueles que os vivenciam
Autor(es): Braga, Lívia Vares da Silveira
Orientador: Drago, Rogério
Palavras-chave: Síndrome de Williams
Diagnóstico clínico
Processos inclusivos
School inclusion
Williams Syndrome
Clinical diagnosis
Inclusive processes
Data do documento: 26-Mar-2014
Resumo: Este estudo buscou entender como vem se dando o processo de inclusão do aluno com deficiência causada pela Síndrome de Williams no contexto da escola comum. Como metodologia, esta pesquisa utilizou-se da abordagem qualitativa a partir da perspectiva metodológica das narrativas, pois esta utiliza como fontes de informação sujeitos, em relatos escritos ou falados, cujas experiências de vida estejam diretamente relacionadas com o tema de estudo. Para alcance dos objetivos propostos, apresentamos este estudo à luz da teoria sócio histórica, pois esta compreende o sujeito como produtor de conhecimento e cultura, ao mesmo tempo em que já nasce imerso em uma história e cultura que lhe é anterior. Apresentamos também um breve regaste da trajetória da educação da pessoa com deficiência desde os tempos em que esta era segregada até as propostas inclusivas, bem como seus avanços legais, entraves e desafios. Esta pesquisa buscou ainda realizar uma breve caracterização da Síndrome de Williams e o conhecimento produzido acerca da temática de estudo. Como resultados das escutas realizadas em campo, as narrativas dos sujeitos envolvidos nesse estudo nos direcionaram a reflexões acerca da inclusão escolar e do papel do professor no processo, bem como os modos de utilização do diagnóstico clínico pelos profissionais da educação e os processos de aprendizagem do aluno com deficiência causada pela Síndrome de Williams. Esta pesquisa demonstrou que, apesar de muitos profissionais buscarem a inovação da prática, muitos outros desafios, como a formação de professores, permeiam esse processo na luta pela implementação de uma educação verdadeiramente inclusiva.
This study sought to understand how the process has been going on for inclusion of students with disabilities caused by Williams Syndrome in the context of the common school. As a methodology, this research used a qualitative approach from the methodological aspect of description because it uses individuals as sources of information in written or spoken reports, whose life experiences are directly related to the topic of study. To complete the proposed objectives, we present this article in the context of past social theory because this understands the individual as a producer of knowledge and culture while already born immersed in a history and values that is earlier. We also offer a brief rescue of the trajectory of the education of the disabled person since the days when this was segregated to inclusive proposals as well as their legal advances, obstacles and challenges This research has also sought to take a brief characterization of Williams Syndrome and the reports produced about the topic of study. As a result of listenings carried out in the field, the narratives of the individuals involved in this article directed us to reflect on the school inclusion and the teacher's role in the process, as well as the modes of use of clinical diagnosis by education professionals and the learning processes of students with disabilities caused by Williams syndrome. This research showed that although many professionals seek innovation of practice, many other challenges, such as the training of teachers, permeate this process in the struggle for the implementation of a truly inclusive education.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1907
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO.pdf1.71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons