Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1909
Título: A força-invenção da docência e da infância nos processos de aprenderensinar
Autor(es): Lourenço, Suzany Goulart
Orientador: Carvalho, Janete Magalhães
Palavras-chave: Cotidiano escolar
Currículos
Experiência
Educação – Filosofia
Infância
Professores
Resumo: Problematiza a potência da força-invenção dos processos de aprenderensinarexperienciados nos espaçostempos escolares. Trata de uma cartografia das experiências de docentes e crianças, produzida em uma Escola Municipal de Ensino Fundamental do município de Serra/ES, que se traduz com o acompanhamento das redes de saberes fazeres tecidas no cotidiano escolar por esses sujeitos. Tal acompanhamento foi produzido por meio deobservações, registros no diário de campo, fotográfico e de áudio, assim comodas conversas com as crianças e docentes. Busca compreender o que vemsendo produzido como potência de vida na escola, a partir das experiências einvenções dos que fazempensam o cotidiano escolar. Tem como principaisintercessores teóricos Gilles Deleuze, Félix Guattari, Michel Foucault, PeterPelbart e Jorge Larrosa, que ajudam a pensar nas possibilidades de umaexperiência-limite para superação da Imagem dogmática do pensamento epara a potencialização dos movimentos curriculares. O conceito de experiência em Larrosa e de força-invenção em Pelbart indicam brechas para o Currículo Experiência Invenção. Este, pensado na imanência do cotidianoescolar, evidencia que é possível e necessário estar na escola apostando nosbons encontros e em afetos alegres
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1909
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SUZANY GOULART LOURENÇO 2015.pdf5.87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons