Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2060
Título: Aspectos fisiográficos, sedimentológicos e estruturais do fundo marinho em uma área da porção central da bacia do Espírito Santo
Autor(es): Tschiedel, Flávio Eduardo
Orientador: Bastos, Alex Cardoso
Palavras-chave: Oceanografia geológica
Fundo marinho
Integração de dados geológicos e geofísicos
Bacia do Espírito Santo
Geological oceanography
Seabed
Integration of geological and geophysical data
Espírito Santo basin
Geologia submarina
Fundo do mar - Sondagem
Fundo oceânico
Bacias sedimentares
Data do documento: 17-Dez-2012
Resumo: O desenvolvimento da atividade industrial no estado do Espírito Santo nos últimos anos tem merecido destaque nas regiões marítimas. Obras de engenharia nestas áreas têm relação principalmente com o desenvolvimento da atividade de exploração e produção de petróleo. O Órgão regulador destas atividades nas bacias sedimentares brasileiras tem como premissa para as áreas offshore o conhecimento geológico do fundo marinho e de estruturas geológicas que tenham alguma relação com este, e que possam produzir algum risco ambiental futuro. A falta de conhecimento de aspectos geológicos pretéritos e do fundo marinho pode inviabilizar ou impedir a realização de projetos nesta atividade devido a particularidades não previstas. O presente trabalho contempla a identificação de aspectos fisiográficos do fundo marinho em uma área da Plataforma Continental e parte do Talude, na Bacia Sedimentar do Espírito Santo, aproximadamente a 45km da costa, adjacente à Foz do Rio Doce, estado do Espírito Santo. Para este objetivo o estudo utiliza diversas ferramentas de análise (sísmica convencional 2D e 3D, sísmica de alta resolução, amostras de fundo e poços) com o objetivo de identificar características de fundo, envolvendo aspectos estruturais e sedimentológicos. É apresentada também uma breve discussão sobre a aplicabilidade da utilização das ferramentas geofísicas neste estudo e um quadro comparativo entre ferramenta geofísica utilizada e elemento fisiográfico identificado. Ao final, um mapa preditivo contendo os elementos do fundo marinho é apresentado, identificando áreas de influência de diápiros de sal, falhas geológicas, canais e lineamentos entre outros. A área foi dividida em três subáreas, com base nas feições fisiográficas e no risco geológico e ambiental que representam
The development of industrial activity in the state of Espírito Santo (Brazil) in recent years has been highlighted in offshore regions. The government agency that controls the activities of oil exploration and production in sedimentary basins in Brazil requires, for activities offshore, the geological knowledge of the seabed as well as geological structures related to it that may cause geological and environmental risk in the future. Engineering works in these areas are related to the development of the activity of exploration and production of oil primarily. The lack of knowledge of buried geological features and geological aspects of the seabed may hinder or impede the execution of projects in this activity due to unforeseen peculiarities. This work includes the identification of physiographic features of the seabed in the Continental Shelf and Slope areas in the Espírito Santo sedimentary basin. The area is about 45km away from the coast, adjacent the Doce River mouth. In order to reach the target, this study uses various analysis tools (2D and 3D seismic, high resolution seismic, seabed samples and wells) aiming at identifying seabed characteristics, involving structural and sedimentological aspects. It also presents a brief discussion about the applicability of the use of geophysical methods in this study, and a comparison of the uses of geophysical methods and their ability to identify the physiographic features of the seabed in the area of this project. At the end a predictive map of physiographic characteristics of the seabed is presented, identifying areas of salt influence and geological faults, channels and others. The area was subdivided into three regions, taking into account the predominance of physiographic features and geological risks they present.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2060
Aparece nas coleções:PPGOAM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_Flavio Eduardo Tschiedel_completa.pdf23.41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons